Tatu City conquista o prêmio fDi Free Zones of the Year na África

TATU CITY, Quênia, 29 de outubro de 2021 /PRNewswire/ -- Tatu City, a primeira zona econômica especial operacional do Quênia, foi reconhecida com o prêmio Free Zones Awards 2021 oferecido pela fDI Intelligence. A nova cidade em rápido crescimento que fica praticamente na entrada de Nairobi ganhou foi premiada na categoria "Large Tenants" e recebeu uma menção honrosa por seu treinamento da força de trabalho para a comunidade local.

A fDi Intelligence, uma divisão do Financial Times, reuniu seis juízes independentes para avaliar "as melhores zonas livres do mundo", de acordo com Alex Irwin-Hunt, Editor de Mercados Globais da fDi Intelligence.

Atualmente, na zona econômica especial (SEZ) de Tatu City, mais de 60 empresas locais, regionais e multinacionais abriram ou iniciaram o desenvolvimento. Entre elas estão líderes da indústria, como Dormans, Cooper K-Brands, KWAL (Distell), Cold Solutions, Friendship Group, Chandaria Industries, Kim-Fay, Davis & Shirtliff, Copia, FFS, Twiga Foods e Stecol, entre outros.

Os desenvolvimentos residenciais na cidade de Tatu incluem Unity Homes, Lifestyle Heights e Kijani Ridge. Mais de 5.000 residências estão concluídas ou em construção e as escolas Crawford International e Nova Pioneer  educam mais de 3.000 estudantes diariamente.

O desenvolvimento atual da Tatu City SEZ é avaliado em mais de USD 1,2 bilhão. A Tatu City pertence e é desenvolvida pela Rendeavour, a maior nova construtora de cidades da África, cujos acionistas são dos Estados Unidos, Nova Zelândia, Noruega e Reino Unido. A Rendeavour está construindo sete cidades no Quênia, Nigéria, Gana, Zâmbia e República Democrática do Congo.

Na Nigéria, mais de 40 empresas se estabeleceram na cidade de Alaro desde que a Rendeavour e o Governo do Estado de Lagos lançaram o projeto há pouco mais de dois anos. Em Lubumbashi, DRC, o desenvolvimento Kiswishi da Rendeavour é o primeiro SEZ privado do país.

No Quênia, a Tatu City SEZ também foi reconhecida por seu trabalho pioneiro com a comunidade local no desenvolvimento da nova cidade. A Rendeavour e a Tatu City ofereceram treinamento gratuito de habilidades para mais de 1.000 membros da comunidade local e serviram 1.400 refeições a escolas de ensino fundamental locais diariamente.

"Este é realmente um exemplo de como as zonas livres são muito mais do que apenas destinos de investimento", disse Irwin-Hunt da fDi. "As zonas livres não são apenas centros de produção e atividade econômica. Elas também desempenham um papel importante nas comunidades locais."

CONTATO:

info@rendeavour.com 

+254 20 513 1000

Foto: https://mma.prnewswire.com/media/1671342/Tatu_City_Special_Economic_Zone.jpg

Foto: https://mma.prnewswire.com/media/1671341/fDi_Award.jpg 

FONTE Tatu City

TATU CITY, Quênia, 29 de outubro de 2021 /PRNewswire/ -- Tatu City, a primeira zona econômica especial operacional do Quênia, foi reconhecida com o prêmio Free Zones Awards 2021 oferecido pela fDI Intelligence. A nova cidade em rápido crescimento que fica praticamente na entrada de Nairobi ganhou foi premiada na categoria "Large Tenants" e recebeu uma menção honrosa por seu treinamento da força de trabalho para a comunidade local.

A fDi Intelligence, uma divisão do Financial Times, reuniu seis juízes independentes para avaliar "as melhores zonas livres do mundo", de acordo com Alex Irwin-Hunt, Editor de Mercados Globais da fDi Intelligence.

Atualmente, na zona econômica especial (SEZ) de Tatu City, mais de 60 empresas locais, regionais e multinacionais abriram ou iniciaram o desenvolvimento. Entre elas estão líderes da indústria, como Dormans, Cooper K-Brands, KWAL (Distell), Cold Solutions, Friendship Group, Chandaria Industries, Kim-Fay, Davis & Shirtliff, Copia, FFS, Twiga Foods e Stecol, entre outros.

Os desenvolvimentos residenciais na cidade de Tatu incluem Unity Homes, Lifestyle Heights e Kijani Ridge. Mais de 5.000 residências estão concluídas ou em construção e as escolas Crawford International e Nova Pioneer  educam mais de 3.000 estudantes diariamente.

O desenvolvimento atual da Tatu City SEZ é avaliado em mais de USD 1,2 bilhão. A Tatu City pertence e é desenvolvida pela Rendeavour, a maior nova construtora de cidades da África, cujos acionistas são dos Estados Unidos, Nova Zelândia, Noruega e Reino Unido. A Rendeavour está construindo sete cidades no Quênia, Nigéria, Gana, Zâmbia e República Democrática do Congo.

Na Nigéria, mais de 40 empresas se estabeleceram na cidade de Alaro desde que a Rendeavour e o Governo do Estado de Lagos lançaram o projeto há pouco mais de dois anos. Em Lubumbashi, DRC, o desenvolvimento Kiswishi da Rendeavour é o primeiro SEZ privado do país.

No Quênia, a Tatu City SEZ também foi reconhecida por seu trabalho pioneiro com a comunidade local no desenvolvimento da nova cidade. A Rendeavour e a Tatu City ofereceram treinamento gratuito de habilidades para mais de 1.000 membros da comunidade local e serviram 1.400 refeições a escolas de ensino fundamental locais diariamente.

"Este é realmente um exemplo de como as zonas livres são muito mais do que apenas destinos de investimento", disse Irwin-Hunt da fDi. "As zonas livres não são apenas centros de produção e atividade econômica. Elas também desempenham um papel importante nas comunidades locais."

CONTATO:

info@rendeavour.com 

+254 20 513 1000

Foto: https://mma.prnewswire.com/media/1671342/Tatu_City_Special_Economic_Zone.jpg

Foto: https://mma.prnewswire.com/media/1671341/fDi_Award.jpg 

FONTE Tatu City

Você acabou de ler:

Tatu City conquista o prêmio fDi Free Zones of the Year na África

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/tatu-city-conquista-o-premio-fdi-free-zones-of-the-year-na-africa/