Teste mais recente de COVID-19 da Seegene pode identificar simultaneamente 4 genes de SARS-CoV-2 e reconhecer várias variantes do vírus

  • Novo produto da Seegene filtra a COVID-19 e suas variantes durante triagem primária de PCR em 1h e 55 minutos
  • A tecnologia multiplex de alta sensibilidade exclusiva da Seegene permite a detecção de 10 alvos diferentes
  • Empresa sul-coreana pesquisa versões adicionais de testes de diagnóstico de variantes

SEUL, Coreia do Sul, 4 de março de 2021 /PRNewswire/-- A Seegene (KQ096530), uma empresa de biotecnologia especializada em diagnósticos moleculares, declarou na quarta-feira que concluiu o desenvolvimento do primeiro teste de diagnóstico de variantes do mundo que pode detectar simultaneamente a COVID-19 e triar múltiplas variantes de vírus, com um único teste PCR multiplex em tempo real. O "Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay" pode detectar o coronavírus e suas variantes na rodada inicial de testes. É uma forma ideal de triar genes de coronavírus, já que a pandemia continua turbulenta após ser associada a variantes mais contagiosas que se espalharam por pelo menos 70 países.

O novo teste da COVID-19 detecta um total de 10 alvos, incluindo quatro genes do coronavírus (gene E, gene RdRP, gene N e gene S), bem como cinco variantes virais específicas, notavelmente identificadas nas linhagens mais reconhecidas. Essas variáveis incluem B.1.1.7 (linhagem rpeocupante do Reino Unido, associada à mutação N501Y), B.1.351 (linhagem da África do Sul definida por 501Y.V2), P.1 (linhagem brasileira com variantes de significância biológica E484K, N501Y e K417T) eB.1.1.207 (linhagem dos EUA). A capacidade de detecção de quatro genes do coronavírus em um único tubo de reagente é exclusiva da Seegene e sua tecnologiaproprietária, extremamente vital para distinguir o vírus que continua evoluindo rapidamente.

A tecnologia da Seegene pode detectar com precisão vários tipos de variantes mutantes, incluindo as de mutações pontuais e deleção de aminoácidos.

Além disso, o "Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay" da Seegene pode pré-triar novas variantes suspeitas que, acredita-se, possam partilhar da composição das mutações já descobertas. Recentemente, foi reportada sobreposição em várias mutações de COVID-19, como a mutação de N501Y que, após ter sido relatada nas variantes do Reino Unido e África do Sul, agora está sendo vista em diversas linhagens.

O"Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay" também pode ser usado em conjunto com o "Allplex™ RV Essential Assay", um ensaio one-step para a triagem de 17 vírus alvo causadores de infecções respiratórias. Com uma única amostra de swab, os dois fornecem alta usabilidade na detecção de patógenos respiratórios essenciais de forma precisa e abrangente.

A Seegene também utilizou sua tecnologia original de sistema de controle interno endógeno que verifica todo o processo de teste, começando com a coleta de amostras, tornando o método de amostragem de saliva, menos invasivo que o swab, uma opção viável.

A empresa acrescentou que o métodolivre de extração está atualmente em desenvolvimento. O método livre de extração pode encurtar o processo de teste e eliminar preocupações sobre a possível escassez de reagentes de extração e consumíveis.

Ao incorporar a alta tecnologia multiplex proprietária da Seegene, a empresa passa a ser a primeira no mercado a identificar a COVID-19 e as variáveis com um único tubo de reagente. A empresa já dispõe de mais de 150 testes de diagnóstico multiplex em seu portfólio, incluindo ensaios de HPV e IST. Com seu sistema big data de autovigilância  in silico, a empresa de diagnóstico declarou que monitora e analisa de perto os bancos de dados globais sobre o coronavírus e suas variantes, permitindo uma resposta rápida com desenvolvimento de novos produtos.

Dr. Jong-Yoon Chun, CEO da Seegene, declarou que o seu novo teste para a COVID-19 "ajudará a diminuir a sobrecarga do processo de teste, já que o tempo de triagem da COVID-19 e das variantes do vírus diminuirá para menos de duas horas após a extração de ácido nucleico." Atualmente, as autoridades de saúde têm que passar por uma rodada extra de sequenciamento genômico para distinguir a existência de variantes de COVID-19 após testes PCR padrão, acarretando automaticamente um tempo de teste mais prolongado. Dr. Chun acrescentou que seu "teste de diagnóstico de variantesaumentará a capacidade de testes em massa em sua luta contra a COVID-19 e variantes mutantes mais contagiosas."

A necessidade de triar as variáveis da COVID-19 tornou-se uma ferramenta essencial para o controle eficaz de infecções e o tratamento de pacientes, após resultados preocupantes de que algumas vacinas COVID-19 possam produzir uma resposta imunológica enfraquecida contra as variantes contagiosas do vírus.

A Seegene apresentou anteriormente o "Allplex™ SARS-CoV-2 Variants I Assay", um teste de diagnóstico capaz de identificar as origens de múltiplas variantes. Este teste específico pode detectar e diferenciar variações de vírus que parecem ter tido origem no Reino Unido, África do Sul, Japão e Brasil, bem como outras variantes suspeitas. Os dois ensaios diagnósticos podem ser complementares, pois podem triar a COVID-19, bem como filtrar e identificar as origens das variantes do vírus, permitindo às autoridades de saúde a aprimorar o rastreamento do vírus e lidar com os pacientes. 

Dr. Chun acrescentou que "a Seegene continuará a monitorar o progresso das variantes do vírus e a oferecer mais testes de diagnóstico da COVID-19 para ajudar a conter a disseminação da doença".  

Sobre a Seegene, Inc.

Fundada em Seul, Coreia do Sul em 2000 e com subsidiárias nos EUA, Canadá, Alemanha, Itália, México, Brasil e Oriente Médio, a Seegene, Inc. é uma empresa de diagnóstico in vitro (IVD) que vem transformando conceitos em produtos por meio de suas atividades pioneiras de P&D. A Seegene é proprietária de suas tecnologias originais patenteadas, incluindo DPO™ para amplificação de múltiplos alvos; TOCE™, para detecção de múltiplos alvos em um único canal; MuDT™, a primeira tecnologia de PCR em tempo real do mundo que oferece valores de Ct individuais para múltiplos alvos em um único canal para ensaios quantitativos, e a tecnologia de detecção de mutação multiplex mTOCE™. Com estas tecnologias de diagnóstico molecular de ponta (MDx) aplicadas a kits de diagnóstico e outras ferramentas, a Seegene melhorou a sensibilidade e especificidade do PCR (reação em cadeia da polimerase) a níveis sem precedentes, oferecendo produtos PCR multiplex que visam e detectam genes de múltiplos patógenos simultaneamente, economizando tempo e custo. A Seegene continua a elevat o padrão do MDx oferecendo inovações econômicas.

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/1357790/Seegene_logo_Logo.jpg

FONTE Seegene Inc.

  • Novo produto da Seegene filtra a COVID-19 e suas variantes durante triagem primária de PCR em 1h e 55 minutos
  • A tecnologia multiplex de alta sensibilidade exclusiva da Seegene permite a detecção de 10 alvos diferentes
  • Empresa sul-coreana pesquisa versões adicionais de testes de diagnóstico de variantes

SEUL, Coreia do Sul, 4 de março de 2021 /PRNewswire/-- A Seegene (KQ096530), uma empresa de biotecnologia especializada em diagnósticos moleculares, declarou na quarta-feira que concluiu o desenvolvimento do primeiro teste de diagnóstico de variantes do mundo que pode detectar simultaneamente a COVID-19 e triar múltiplas variantes de vírus, com um único teste PCR multiplex em tempo real. O "Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay" pode detectar o coronavírus e suas variantes na rodada inicial de testes. É uma forma ideal de triar genes de coronavírus, já que a pandemia continua turbulenta após ser associada a variantes mais contagiosas que se espalharam por pelo menos 70 países.

O novo teste da COVID-19 detecta um total de 10 alvos, incluindo quatro genes do coronavírus (gene E, gene RdRP, gene N e gene S), bem como cinco variantes virais específicas, notavelmente identificadas nas linhagens mais reconhecidas. Essas variáveis incluem B.1.1.7 (linhagem rpeocupante do Reino Unido, associada à mutação N501Y), B.1.351 (linhagem da África do Sul definida por 501Y.V2), P.1 (linhagem brasileira com variantes de significância biológica E484K, N501Y e K417T) eB.1.1.207 (linhagem dos EUA). A capacidade de detecção de quatro genes do coronavírus em um único tubo de reagente é exclusiva da Seegene e sua tecnologiaproprietária, extremamente vital para distinguir o vírus que continua evoluindo rapidamente.

A tecnologia da Seegene pode detectar com precisão vários tipos de variantes mutantes, incluindo as de mutações pontuais e deleção de aminoácidos.

Além disso, o "Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay" da Seegene pode pré-triar novas variantes suspeitas que, acredita-se, possam partilhar da composição das mutações já descobertas. Recentemente, foi reportada sobreposição em várias mutações de COVID-19, como a mutação de N501Y que, após ter sido relatada nas variantes do Reino Unido e África do Sul, agora está sendo vista em diversas linhagens.

O"Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay" também pode ser usado em conjunto com o "Allplex™ RV Essential Assay", um ensaio one-step para a triagem de 17 vírus alvo causadores de infecções respiratórias. Com uma única amostra de swab, os dois fornecem alta usabilidade na detecção de patógenos respiratórios essenciais de forma precisa e abrangente.

A Seegene também utilizou sua tecnologia original de sistema de controle interno endógeno que verifica todo o processo de teste, começando com a coleta de amostras, tornando o método de amostragem de saliva, menos invasivo que o swab, uma opção viável.

A empresa acrescentou que o métodolivre de extração está atualmente em desenvolvimento. O método livre de extração pode encurtar o processo de teste e eliminar preocupações sobre a possível escassez de reagentes de extração e consumíveis.

Ao incorporar a alta tecnologia multiplex proprietária da Seegene, a empresa passa a ser a primeira no mercado a identificar a COVID-19 e as variáveis com um único tubo de reagente. A empresa já dispõe de mais de 150 testes de diagnóstico multiplex em seu portfólio, incluindo ensaios de HPV e IST. Com seu sistema big data de autovigilância  in silico, a empresa de diagnóstico declarou que monitora e analisa de perto os bancos de dados globais sobre o coronavírus e suas variantes, permitindo uma resposta rápida com desenvolvimento de novos produtos.

Dr. Jong-Yoon Chun, CEO da Seegene, declarou que o seu novo teste para a COVID-19 "ajudará a diminuir a sobrecarga do processo de teste, já que o tempo de triagem da COVID-19 e das variantes do vírus diminuirá para menos de duas horas após a extração de ácido nucleico." Atualmente, as autoridades de saúde têm que passar por uma rodada extra de sequenciamento genômico para distinguir a existência de variantes de COVID-19 após testes PCR padrão, acarretando automaticamente um tempo de teste mais prolongado. Dr. Chun acrescentou que seu "teste de diagnóstico de variantesaumentará a capacidade de testes em massa em sua luta contra a COVID-19 e variantes mutantes mais contagiosas."

A necessidade de triar as variáveis da COVID-19 tornou-se uma ferramenta essencial para o controle eficaz de infecções e o tratamento de pacientes, após resultados preocupantes de que algumas vacinas COVID-19 possam produzir uma resposta imunológica enfraquecida contra as variantes contagiosas do vírus.

A Seegene apresentou anteriormente o "Allplex™ SARS-CoV-2 Variants I Assay", um teste de diagnóstico capaz de identificar as origens de múltiplas variantes. Este teste específico pode detectar e diferenciar variações de vírus que parecem ter tido origem no Reino Unido, África do Sul, Japão e Brasil, bem como outras variantes suspeitas. Os dois ensaios diagnósticos podem ser complementares, pois podem triar a COVID-19, bem como filtrar e identificar as origens das variantes do vírus, permitindo às autoridades de saúde a aprimorar o rastreamento do vírus e lidar com os pacientes. 

Dr. Chun acrescentou que "a Seegene continuará a monitorar o progresso das variantes do vírus e a oferecer mais testes de diagnóstico da COVID-19 para ajudar a conter a disseminação da doença".  

Sobre a Seegene, Inc.

Fundada em Seul, Coreia do Sul em 2000 e com subsidiárias nos EUA, Canadá, Alemanha, Itália, México, Brasil e Oriente Médio, a Seegene, Inc. é uma empresa de diagnóstico in vitro (IVD) que vem transformando conceitos em produtos por meio de suas atividades pioneiras de P&D. A Seegene é proprietária de suas tecnologias originais patenteadas, incluindo DPO™ para amplificação de múltiplos alvos; TOCE™, para detecção de múltiplos alvos em um único canal; MuDT™, a primeira tecnologia de PCR em tempo real do mundo que oferece valores de Ct individuais para múltiplos alvos em um único canal para ensaios quantitativos, e a tecnologia de detecção de mutação multiplex mTOCE™. Com estas tecnologias de diagnóstico molecular de ponta (MDx) aplicadas a kits de diagnóstico e outras ferramentas, a Seegene melhorou a sensibilidade e especificidade do PCR (reação em cadeia da polimerase) a níveis sem precedentes, oferecendo produtos PCR multiplex que visam e detectam genes de múltiplos patógenos simultaneamente, economizando tempo e custo. A Seegene continua a elevat o padrão do MDx oferecendo inovações econômicas.

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/1357790/Seegene_logo_Logo.jpg

FONTE Seegene Inc.

Você acabou de ler:

Teste mais recente de COVID-19 da Seegene pode identificar simultaneamente 4 genes de SARS-CoV-2 e reconhecer várias variantes do vírus

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/teste-mais-recente-de-covid-19-da-seegene-pode-identificar-simultaneamente-4-genes-de-sars-cov-2-e-reconhecer-varias-variantes-do-virus/