Teva anuncia primeiro tratamento para a Doença de Huntington aprovado no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprova Austedo™ (deutetrabenazina) indicado para coreia associada à Doença de Huntington, sintoma frequente que provoca movimentos involuntários e favorece quedas entre os pacientes

SÃO PAULO, 25 de outubro de 2021 /PRNewswire/ -- A Teva Farmacêutica acaba de anunciar a aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do medicamento AUSTEDO™ (deutetrabenazina). Trata-se do primeiro medicamento aprovado no País para a coreia associada à Doença de Huntington, distúrbio motor que leva a quedas, perda de independência e motivo de grande estigma para os pacientes. A Doença de Huntington é genética e rara, atinge homens e mulheres principalmente a partir dos 30 anos, provocando a degeneração celular nervosa, causando distúrbios motores, psiquiátricos e cognitivos.

Um dos principais sintomas é a chamada coreia, que acontece na parte motora e impacta diretamente no risco de queda pelos pacientes. Para se ter uma ideia, mais de 60% das pessoas acometidas pela Doença de Huntington relatam até duas quedas em um ano. Além disso, de 41% a 73% dos pacientes também afirmam que se machucam durante essas quedas. Isso ocorre principalmente devido aos chamados sintomas hipercinéticos, próprios da coreia, como a perda de equilíbrio.

"A coreia é um sintoma importante para muitos que vivem com a doença de Huntington. Afeta a funcionalidade dos pacientes e as atividades diárias. Até hoje, as opções de tratamento eram limitadas para esses pacientes", explica Michael Hayden, M.D, Ph.D, presidente de Pesquisa e Desenvolvimento Global e Diretor Científico da Teva. "Com base nos resultados demonstrados no programa de desenvolvimento clínico que apoiou a aprovação de AUSTEDO™ e nosso compromisso contínuo com os pacientes, nos sentimos posicionados de forma única para apresentar essa opção de tratamento", completa. " Austedo é a primeira medicação aprovada pela ANVISA para o tratamento da coreia decorrente da doença de Huntington e será um grande aliado dos médicos no tratamento desse sintoma tão impactante para a qualidade de vida do paciente" corrobora o diretor médico da Teva, Tony Piha, MBA, MsC

Sobre AUSTEDO™

AUSTEDO™ é indicado para o tratamento da coreia associada à Doença de Huntington. A eficácia de AUSTEDO™ como um tratamento para a coreia associada à Doença de Huntington (DH) foi estabelecida em um estudo multicênctrico randomizado, duplo-cego, controlado por placebo, conduzido em 90 pacientes ambulatoriais com coreia associada à DH.

Sobre a Teva Farmacêutica

A Teva é uma das maiores empresas globais no setor farmacêutico e oferece soluções com alta qualidade voltadas para a melhora da qualidade de vida dos pacientes. Com sede em Israel, a Teva é o maior produtor de medicamentos genéricos do mundo, valendo-se de um portfólio com mais de 1.800 moléculas para produzir uma ampla gama de produtos genéricos para quase todas as áreas terapêuticas. Além disso, a Teva tem uma posição de liderança mundial em tratamentos inovadores para doenças do sistema nervoso central, incluindo a dor, bem como um forte portfólio de produtos para a área respiratória. A divisão de Pesquisa e Desenvolvimento da Teva integra medicamentos genéricos e de marca, criando novas formas de abordagem para as diferentes necessidades dos pacientes combinando o desenvolvimento de novas drogas com dispositivos, serviços e tecnologias. No Brasil desde 2006, a empresa oferece produtos para Oncologia, Neurologia, Hematologia e Infectologia. A receita líquida global da Teva totalizou US$ 16 bilhões em 2021 .

FONTE Teva Farmacêutica

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprova Austedo™ (deutetrabenazina) indicado para coreia associada à Doença de Huntington, sintoma frequente que provoca movimentos involuntários e favorece quedas entre os pacientes

SÃO PAULO, 25 de outubro de 2021 /PRNewswire/ -- A Teva Farmacêutica acaba de anunciar a aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do medicamento AUSTEDO™ (deutetrabenazina). Trata-se do primeiro medicamento aprovado no País para a coreia associada à Doença de Huntington, distúrbio motor que leva a quedas, perda de independência e motivo de grande estigma para os pacientes. A Doença de Huntington é genética e rara, atinge homens e mulheres principalmente a partir dos 30 anos, provocando a degeneração celular nervosa, causando distúrbios motores, psiquiátricos e cognitivos.

Um dos principais sintomas é a chamada coreia, que acontece na parte motora e impacta diretamente no risco de queda pelos pacientes. Para se ter uma ideia, mais de 60% das pessoas acometidas pela Doença de Huntington relatam até duas quedas em um ano. Além disso, de 41% a 73% dos pacientes também afirmam que se machucam durante essas quedas. Isso ocorre principalmente devido aos chamados sintomas hipercinéticos, próprios da coreia, como a perda de equilíbrio.

"A coreia é um sintoma importante para muitos que vivem com a doença de Huntington. Afeta a funcionalidade dos pacientes e as atividades diárias. Até hoje, as opções de tratamento eram limitadas para esses pacientes", explica Michael Hayden, M.D, Ph.D, presidente de Pesquisa e Desenvolvimento Global e Diretor Científico da Teva. "Com base nos resultados demonstrados no programa de desenvolvimento clínico que apoiou a aprovação de AUSTEDO™ e nosso compromisso contínuo com os pacientes, nos sentimos posicionados de forma única para apresentar essa opção de tratamento", completa. " Austedo é a primeira medicação aprovada pela ANVISA para o tratamento da coreia decorrente da doença de Huntington e será um grande aliado dos médicos no tratamento desse sintoma tão impactante para a qualidade de vida do paciente" corrobora o diretor médico da Teva, Tony Piha, MBA, MsC

Sobre AUSTEDO™

AUSTEDO™ é indicado para o tratamento da coreia associada à Doença de Huntington. A eficácia de AUSTEDO™ como um tratamento para a coreia associada à Doença de Huntington (DH) foi estabelecida em um estudo multicênctrico randomizado, duplo-cego, controlado por placebo, conduzido em 90 pacientes ambulatoriais com coreia associada à DH.

Sobre a Teva Farmacêutica

A Teva é uma das maiores empresas globais no setor farmacêutico e oferece soluções com alta qualidade voltadas para a melhora da qualidade de vida dos pacientes. Com sede em Israel, a Teva é o maior produtor de medicamentos genéricos do mundo, valendo-se de um portfólio com mais de 1.800 moléculas para produzir uma ampla gama de produtos genéricos para quase todas as áreas terapêuticas. Além disso, a Teva tem uma posição de liderança mundial em tratamentos inovadores para doenças do sistema nervoso central, incluindo a dor, bem como um forte portfólio de produtos para a área respiratória. A divisão de Pesquisa e Desenvolvimento da Teva integra medicamentos genéricos e de marca, criando novas formas de abordagem para as diferentes necessidades dos pacientes combinando o desenvolvimento de novas drogas com dispositivos, serviços e tecnologias. No Brasil desde 2006, a empresa oferece produtos para Oncologia, Neurologia, Hematologia e Infectologia. A receita líquida global da Teva totalizou US$ 16 bilhões em 2021 .

FONTE Teva Farmacêutica

Você acabou de ler:

Teva anuncia primeiro tratamento para a Doença de Huntington aprovado no Brasil

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/teva-anuncia-primeiro-tratamento-para-a-doenca-de-huntington-aprovado-no-brasil/