ThetaRay, uma empresa de tecnologia israelense que desenvolveu uma solução revolucionária permitindo a aceleração dos pagamentos transfronteiriços entre os bancos, levanta US$ 31 milhões em nova rodada de financiamento liderada pelos fundos JVP E BGV

- A solução da ThetaRay permite que os maiores bancos, instituições financeiras e empresas do mundo aumentem e simplifiquem o volume de transferências, garantindo sua conclusão oportuna e custos monitorados, sem receio de estarem sendo usadas para lavagem de dinheiro, financiamento terrorista, tráfico humano e narcotráfico

NOVA YORK, 19 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- A ThetaRay, empresa de tecnologia israelense que permite a aceleração dos pagamentos transfronteiriços entre os bancos, ao mesmo tempo que protege as instituições financeiras contra o crime financeiro, anunciou hoje que concluiu uma nova rodada de arrecadação de fundos de US$ 31 milhões. Entre os novos investidores estão Eric Benhamou, investindo por meio da Benhamou Global Ventures, e o Saints Fund, que nomeou um de seus sócios-gerentes como observador da diretoria da ThetaRay. Participaram da rodada também os investidores existentes OurCrowd, Bank Hapoalim, SBT e outros.

Com essa rodada, o financiamento total da ThetaRay alcançou mais de US$ 90 milhões. A empresa pretende usar o capital arrecadado para concluir o movimento de prevenção do crime, expandindo o mercado de pagamentos transfronteiriços que atualmente está avaliado em US$ 25 trilhões por ano, mitigando o crime financeiro ao comercializar uma versão em nuvem de seus produtos e expandindo seus públicos-alvo a qualquer organização que negocie pagamentos transfronteiriços.

Juntamente com o levantamento de fundos, a ThetaRay anunciou que os governos da Nigéria e da Ucrânia implementaram com sucesso as soluções da ThetaRay para combater o terrorismo e a corrupção. Esses governos se uniram a alguns dos maiores bancos do mundo, incluindo o Banco Santander, para colocar a solução revolucionária da ThetaRay na vanguarda do comércio internacional e na guerra contra o crime financeiro global.

A Solução de Prevenção de Crimes Financeiros da ThetaRay foi desenvolvida para infundir segurança e reduzir os riscos em pagamentos transfronteiriços e para proteger bancos, empresas de fintech e empresas privadas que oferecem transferências de pagamento. Essa solução protege-os contra tentativas de abuso de suas plataformas de transferência monetária para efetuar sofisticadas lavagens de dinheiro. A solução reduz o custo total de propriedade (TCO), aumenta rapidamente as receitas, melhora o atendimento ao cliente e aumenta o ROI.

Um dos fenômenos mais proeminentes no comportamento dos mercados financeiros na era pós-coronavírus foi o aumento significativo no volume de transferências de dinheiro transfronteiriças. Esse mercado, estimado em US$ 25 trilhões por ano, vem sendo alvo de crimes financeiros, incluindo roubo, fraude e lavagem de dinheiro. Para abordar esse problema e evitar uma crise na economia mundial, governos e autoridades policiais em todo o mundo intensificaram o monitoramento de remessas e reforçaram a fiscalização, chegando a gerar obstruções na conduta comercial global. Como resultado dessas obstruções, muitas empresas estão enfrentando dificuldades sérias nos processos bancários de pagamentos transfronteiriços, que reflete em incerteza nos negócios e a exclusão do sistema comercial financeiro.

Atualmente, mais de US$ 10 bilhões estão sendo investidos em medidas de proteção para enfrentar esses desafios. A solução da ThetaRay, desenvolvida para eliminar essas obstruções nas vias comerciais internacionais, encontra-se disponível agora na nuvem. Consequentemente, a empresa pode oferecer um caminho de transferência seguro para o sistema financeiro global, que inclui bancos de todos os tamanhos, governos, empresas de fintech, provedores de serviços de pagamento (PSPs) e todas as moedas, inclusive as digitais. Pela primeira vez, organizações financeiras privadas e governamentais poderão oferecer serviços melhores a seus clientes e aumentar significativamente suas receitas, ao mesmo tempo que reduzem seus riscos, diminuem seus custos operacionais e melhoram sua capacidade de atender demandas crescentes de conformidade.

Erel Margalit, fundador e presidente da JVP e presidente da diretoria da ThetaRay, disse: "Sendo uma empresa líder em tecnologia na área da Prevenção à Lavagem de Dinheiro (PLD), a ThetaRay está mudando o cenário e levando produtos revolucionários para o campo de pagamentos transfronteiriços, o que permitirá aos bancos aumentar drasticamente sua renda, possibilitando ao mesmo tempo transferências monetárias seguras e irrestritas tanto para bancos grandes quanto pequenos. Essa revolução permitirá que muitas organizações e pessoas em todo o mundo transfiram dinheiro de forma mais rápida, segura e com muito menos taxas e paradas ao longo do caminho. Semelhante ao que Swift representou no cenário bancário há 25 anos, a ThetaRay terá atuação similar no cenário bancário nos próximos dez anos. A segurança dos negócios e a cooperação entre os países serão possíveis quando os cibercriminosos financeiros ficarem de fora do sistema seguro que a ThetaRay criou junto com os bancos."

Mark Gazit, CEO da ThetaRay, disse: "Estamos à beira de uma verdadeira revolução na segurança do sistema financeiro global. Nesse período em que a rede de pagamentos transfronteiriços se tornou a força vital da infraestrutura de comércio mundial, a ThetaRay atua para gerar confiabilidade e reduzir os riscos nos pagamentos transfronteiriços seguros. Além disso, a solução da ThetaRay é única e confiável, permitindo a detecção total de ameaças conhecidas e indeterminadas, bem como uma redução de 99% nos alertas em comparação com os sistemas legados. Nosso mercado alvo tornou-se quase infinito com o lançamento de nossa solução na nuvem, que garante o crescimento agressivo da empresa nos próximos anos. Agradecemos aos nossos investidores existentes, especialmente à JVP, por sua confiança na empresa e em nossas soluções e damos as boas-vindas aos novos investidores que se uniram a nós."

Eric Benhamou, fundador e sócio-geral da BGV, acrescentou: "A habilidade tecnológica da ThetaRay é verdadeiramente impressionante. Seu produto permite que as entidades financeiras reduzam os riscos de fraude associados ao sistema bancário correspondente, economizem em custos operacionais, melhorem seus serviços e aumentem os lucros. Estou confiante de que o investimento na ThetaRay produzirá um retorno significativo para a BGV e estou feliz em apoiar uma equipe de classe mundial que impulsiona uma inovação disruptiva no mercado global de pagamentos."

A ThetaRay mostrou um crescimento consistente e significativo em relação ao ano anterior. A versão em nuvem dos produtos da ThetaRay dará a seus clientes uma vantagem competitiva no sistema de transferências de pagamento, que tradicionalmente consistia apenas de grandes bancos com capacidade de garantir a confiabilidade e a conformidade regulatória. Os clientes da ThetaRay, alguns dos quais são os maiores bancos internacionais de nível 1, também estão explorando a solução em nuvem para oferecer um serviço melhor a seus clientes, entendendo que eles podem aumentar significativamente suas receitas ao mesmo tempo que reduzem os riscos e os custos operacionais.

A solução se baseia em um algoritmo desenvolvido ao longo de uma década por matemáticos pioneiros, com base em aprendizado avançado de máquina que pode detectar sinais de lavagem de dinheiro antes que seja realizada. A porcentagem particularmente baixa de alarmes falsos também contribui para a eficiência da solução para bancos que lidam com riscos de lavagem de dinheiro e vários riscos operacionais. A ThetaRay ganhou muitos prêmios também como a solução tecnológica líder do setor para a regulamentação e conformidade de instituições financeiras.

Sobre a ThetaRay:

A inovadora solução SaaS de monitoramento de transações da ThetaRay, acionada por IA, para pagamentos transfronteiriços permite aos bancos expandir suas oportunidades de negócios, alcançando um monitoramento de pagamentos transfronteiriços seguro e confiável. A tecnologia da ThetaRay é a única oferta SaaS em pacote que analisa o tráfego SWIFT, indicadores de risco e dados do cliente/pagador/beneficiário para detectar anomalias que indicam atividade de lavagem de dinheiro em caminhos complexos de transações transfronteiriças. Também é uma das únicas soluções de PLD orientadas por IA que podem ser facilmente integradas e implementadas em poucos dias, com requisitos mínimos de implementação. A solução da ThetaRay aumenta os recursos de detecção para dados supervisionados e não supervisionados e inclui perfis e avaliações analíticas avançadas, tudo em uma única plataforma. As instituições financeiras que dependem de ecossistemas altamente heterogêneos e complexos se beneficiam muito dos baixos índices de falsos positivos incomparáveis da ThetaRay.

Contato para a imprensa:

Mark Prindle

RP da fusão

646-452-7109

mark.prindle@fusionpr.com   

 

FONTE THETARAY

- A solução da ThetaRay permite que os maiores bancos, instituições financeiras e empresas do mundo aumentem e simplifiquem o volume de transferências, garantindo sua conclusão oportuna e custos monitorados, sem receio de estarem sendo usadas para lavagem de dinheiro, financiamento terrorista, tráfico humano e narcotráfico

NOVA YORK, 19 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- A ThetaRay, empresa de tecnologia israelense que permite a aceleração dos pagamentos transfronteiriços entre os bancos, ao mesmo tempo que protege as instituições financeiras contra o crime financeiro, anunciou hoje que concluiu uma nova rodada de arrecadação de fundos de US$ 31 milhões. Entre os novos investidores estão Eric Benhamou, investindo por meio da Benhamou Global Ventures, e o Saints Fund, que nomeou um de seus sócios-gerentes como observador da diretoria da ThetaRay. Participaram da rodada também os investidores existentes OurCrowd, Bank Hapoalim, SBT e outros.

Com essa rodada, o financiamento total da ThetaRay alcançou mais de US$ 90 milhões. A empresa pretende usar o capital arrecadado para concluir o movimento de prevenção do crime, expandindo o mercado de pagamentos transfronteiriços que atualmente está avaliado em US$ 25 trilhões por ano, mitigando o crime financeiro ao comercializar uma versão em nuvem de seus produtos e expandindo seus públicos-alvo a qualquer organização que negocie pagamentos transfronteiriços.

Juntamente com o levantamento de fundos, a ThetaRay anunciou que os governos da Nigéria e da Ucrânia implementaram com sucesso as soluções da ThetaRay para combater o terrorismo e a corrupção. Esses governos se uniram a alguns dos maiores bancos do mundo, incluindo o Banco Santander, para colocar a solução revolucionária da ThetaRay na vanguarda do comércio internacional e na guerra contra o crime financeiro global.

A Solução de Prevenção de Crimes Financeiros da ThetaRay foi desenvolvida para infundir segurança e reduzir os riscos em pagamentos transfronteiriços e para proteger bancos, empresas de fintech e empresas privadas que oferecem transferências de pagamento. Essa solução protege-os contra tentativas de abuso de suas plataformas de transferência monetária para efetuar sofisticadas lavagens de dinheiro. A solução reduz o custo total de propriedade (TCO), aumenta rapidamente as receitas, melhora o atendimento ao cliente e aumenta o ROI.

Um dos fenômenos mais proeminentes no comportamento dos mercados financeiros na era pós-coronavírus foi o aumento significativo no volume de transferências de dinheiro transfronteiriças. Esse mercado, estimado em US$ 25 trilhões por ano, vem sendo alvo de crimes financeiros, incluindo roubo, fraude e lavagem de dinheiro. Para abordar esse problema e evitar uma crise na economia mundial, governos e autoridades policiais em todo o mundo intensificaram o monitoramento de remessas e reforçaram a fiscalização, chegando a gerar obstruções na conduta comercial global. Como resultado dessas obstruções, muitas empresas estão enfrentando dificuldades sérias nos processos bancários de pagamentos transfronteiriços, que reflete em incerteza nos negócios e a exclusão do sistema comercial financeiro.

Atualmente, mais de US$ 10 bilhões estão sendo investidos em medidas de proteção para enfrentar esses desafios. A solução da ThetaRay, desenvolvida para eliminar essas obstruções nas vias comerciais internacionais, encontra-se disponível agora na nuvem. Consequentemente, a empresa pode oferecer um caminho de transferência seguro para o sistema financeiro global, que inclui bancos de todos os tamanhos, governos, empresas de fintech, provedores de serviços de pagamento (PSPs) e todas as moedas, inclusive as digitais. Pela primeira vez, organizações financeiras privadas e governamentais poderão oferecer serviços melhores a seus clientes e aumentar significativamente suas receitas, ao mesmo tempo que reduzem seus riscos, diminuem seus custos operacionais e melhoram sua capacidade de atender demandas crescentes de conformidade.

Erel Margalit, fundador e presidente da JVP e presidente da diretoria da ThetaRay, disse: "Sendo uma empresa líder em tecnologia na área da Prevenção à Lavagem de Dinheiro (PLD), a ThetaRay está mudando o cenário e levando produtos revolucionários para o campo de pagamentos transfronteiriços, o que permitirá aos bancos aumentar drasticamente sua renda, possibilitando ao mesmo tempo transferências monetárias seguras e irrestritas tanto para bancos grandes quanto pequenos. Essa revolução permitirá que muitas organizações e pessoas em todo o mundo transfiram dinheiro de forma mais rápida, segura e com muito menos taxas e paradas ao longo do caminho. Semelhante ao que Swift representou no cenário bancário há 25 anos, a ThetaRay terá atuação similar no cenário bancário nos próximos dez anos. A segurança dos negócios e a cooperação entre os países serão possíveis quando os cibercriminosos financeiros ficarem de fora do sistema seguro que a ThetaRay criou junto com os bancos."

Mark Gazit, CEO da ThetaRay, disse: "Estamos à beira de uma verdadeira revolução na segurança do sistema financeiro global. Nesse período em que a rede de pagamentos transfronteiriços se tornou a força vital da infraestrutura de comércio mundial, a ThetaRay atua para gerar confiabilidade e reduzir os riscos nos pagamentos transfronteiriços seguros. Além disso, a solução da ThetaRay é única e confiável, permitindo a detecção total de ameaças conhecidas e indeterminadas, bem como uma redução de 99% nos alertas em comparação com os sistemas legados. Nosso mercado alvo tornou-se quase infinito com o lançamento de nossa solução na nuvem, que garante o crescimento agressivo da empresa nos próximos anos. Agradecemos aos nossos investidores existentes, especialmente à JVP, por sua confiança na empresa e em nossas soluções e damos as boas-vindas aos novos investidores que se uniram a nós."

Eric Benhamou, fundador e sócio-geral da BGV, acrescentou: "A habilidade tecnológica da ThetaRay é verdadeiramente impressionante. Seu produto permite que as entidades financeiras reduzam os riscos de fraude associados ao sistema bancário correspondente, economizem em custos operacionais, melhorem seus serviços e aumentem os lucros. Estou confiante de que o investimento na ThetaRay produzirá um retorno significativo para a BGV e estou feliz em apoiar uma equipe de classe mundial que impulsiona uma inovação disruptiva no mercado global de pagamentos."

A ThetaRay mostrou um crescimento consistente e significativo em relação ao ano anterior. A versão em nuvem dos produtos da ThetaRay dará a seus clientes uma vantagem competitiva no sistema de transferências de pagamento, que tradicionalmente consistia apenas de grandes bancos com capacidade de garantir a confiabilidade e a conformidade regulatória. Os clientes da ThetaRay, alguns dos quais são os maiores bancos internacionais de nível 1, também estão explorando a solução em nuvem para oferecer um serviço melhor a seus clientes, entendendo que eles podem aumentar significativamente suas receitas ao mesmo tempo que reduzem os riscos e os custos operacionais.

A solução se baseia em um algoritmo desenvolvido ao longo de uma década por matemáticos pioneiros, com base em aprendizado avançado de máquina que pode detectar sinais de lavagem de dinheiro antes que seja realizada. A porcentagem particularmente baixa de alarmes falsos também contribui para a eficiência da solução para bancos que lidam com riscos de lavagem de dinheiro e vários riscos operacionais. A ThetaRay ganhou muitos prêmios também como a solução tecnológica líder do setor para a regulamentação e conformidade de instituições financeiras.

Sobre a ThetaRay:

A inovadora solução SaaS de monitoramento de transações da ThetaRay, acionada por IA, para pagamentos transfronteiriços permite aos bancos expandir suas oportunidades de negócios, alcançando um monitoramento de pagamentos transfronteiriços seguro e confiável. A tecnologia da ThetaRay é a única oferta SaaS em pacote que analisa o tráfego SWIFT, indicadores de risco e dados do cliente/pagador/beneficiário para detectar anomalias que indicam atividade de lavagem de dinheiro em caminhos complexos de transações transfronteiriças. Também é uma das únicas soluções de PLD orientadas por IA que podem ser facilmente integradas e implementadas em poucos dias, com requisitos mínimos de implementação. A solução da ThetaRay aumenta os recursos de detecção para dados supervisionados e não supervisionados e inclui perfis e avaliações analíticas avançadas, tudo em uma única plataforma. As instituições financeiras que dependem de ecossistemas altamente heterogêneos e complexos se beneficiam muito dos baixos índices de falsos positivos incomparáveis da ThetaRay.

Contato para a imprensa:

Mark Prindle

RP da fusão

646-452-7109

mark.prindle@fusionpr.com   

 

FONTE THETARAY

Você acabou de ler:

ThetaRay, uma empresa de tecnologia israelense que desenvolveu uma solução revolucionária permitindo a aceleração dos pagamentos transfronteiriços entre os bancos, levanta US$ 31 milhões em nova rodada de financiamento liderada pelos fundos JVP E BGV

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/thetaray-uma-empresa-de-tecnologia-israelense-que-desenvolveu-uma-solucao-revolucionaria-permitindo-a-aceleracao-dos-pagamentos-transfronteiricos-entre-os-bancos-levanta-us-31-milhoes-em-nova-rodad/