Transforma Franquias: startup que chega ao mercado com proposta de acelerar a expansão de franquias

Entre as estratégias da Transforma Franquias para captar investidores está o marketing de atração com fluxos automatizados de relacionamento; taxas de conversão chegam a 83%

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, Brasil, 14 de setembro de 2020 /PRNewswire/ -- Depois de transitar por grandes grupos de franchising com a missão de expandir negócios, Leonardo Rocha chegou à conclusão de que era hora de inovar em relação ao mercado em si.

Assim, nasceu a Transforma Franquias, uma empresa focada na formatação, expansão e marketing de empresas que têm como meta crescerem dentro do sistema de franquias. O objetivo é oferecer suporte para estes empreendimentos, preparando-os para a concessão de licenças em todas as pontas – desde o desenho do modelo de negócio, planejamento e geração de documentos jurídicos, como COF (contrato de franquia) e minutas.

"A Transforma Franquias chega ao mercado como uma aceleradora, utilizando principalmente o marketing digital para difusão de marca e captação de investidores", revela o fundador, reforçando que entre suas estratégias está o marketing de atração com fluxos automatizados de relacionamento para maior qualificação dos leads. Segundo ele, as taxas de conversão em termos de captação chegam a 83% entre os leads com identificação de interesse.

Rocha explica que tal estratégia permite a identificação de potenciais investidores, levando em consideração informações como faixa etária, cidade, interesses e potencial. Estes dados são trabalhados e, depois, é feito o acompanhamento para qualificação. "Assim que esta fase é concluída, é feita uma análise de documentação e uma avaliação sobre a disponibilidade da área, antes que a venda seja concluída".

"Passando o isolamento social, muitas empresas estarão precisando se reestruturar para reinventar as áreas de vendas, financeira e jurídica. Estamos em busca destes projetos", esclarece Rocha. Ele lembra que uma das principais queixas do setor é que não há equipes capacitadas para fazer uma transformação. "Há muitas franqueadoras que se esforçam, mas não conseguem entregar o que o franqueado espera. Em tempos de crise, as dificuldades se agravam e abre-se o espaço para que especialistas atuem", ele acredita.

Rocha espera encerrar o ano de 2020 com faturamento de R$ 1 milhão; para o ano que vem, este número deve subir para R$ 10 milhões. Em cinco anos, o faturamento deve bater R$ 90 milhões em taxa de franquias.

FONTE Transforma Franquias

Entre as estratégias da Transforma Franquias para captar investidores está o marketing de atração com fluxos automatizados de relacionamento; taxas de conversão chegam a 83%

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, Brasil, 14 de setembro de 2020 /PRNewswire/ -- Depois de transitar por grandes grupos de franchising com a missão de expandir negócios, Leonardo Rocha chegou à conclusão de que era hora de inovar em relação ao mercado em si.

Assim, nasceu a Transforma Franquias, uma empresa focada na formatação, expansão e marketing de empresas que têm como meta crescerem dentro do sistema de franquias. O objetivo é oferecer suporte para estes empreendimentos, preparando-os para a concessão de licenças em todas as pontas – desde o desenho do modelo de negócio, planejamento e geração de documentos jurídicos, como COF (contrato de franquia) e minutas.

"A Transforma Franquias chega ao mercado como uma aceleradora, utilizando principalmente o marketing digital para difusão de marca e captação de investidores", revela o fundador, reforçando que entre suas estratégias está o marketing de atração com fluxos automatizados de relacionamento para maior qualificação dos leads. Segundo ele, as taxas de conversão em termos de captação chegam a 83% entre os leads com identificação de interesse.

Rocha explica que tal estratégia permite a identificação de potenciais investidores, levando em consideração informações como faixa etária, cidade, interesses e potencial. Estes dados são trabalhados e, depois, é feito o acompanhamento para qualificação. "Assim que esta fase é concluída, é feita uma análise de documentação e uma avaliação sobre a disponibilidade da área, antes que a venda seja concluída".

"Passando o isolamento social, muitas empresas estarão precisando se reestruturar para reinventar as áreas de vendas, financeira e jurídica. Estamos em busca destes projetos", esclarece Rocha. Ele lembra que uma das principais queixas do setor é que não há equipes capacitadas para fazer uma transformação. "Há muitas franqueadoras que se esforçam, mas não conseguem entregar o que o franqueado espera. Em tempos de crise, as dificuldades se agravam e abre-se o espaço para que especialistas atuem", ele acredita.

Rocha espera encerrar o ano de 2020 com faturamento de R$ 1 milhão; para o ano que vem, este número deve subir para R$ 10 milhões. Em cinco anos, o faturamento deve bater R$ 90 milhões em taxa de franquias.

FONTE Transforma Franquias