Uma Templestay noturna inesquecível em um mosteiro budista na montanha, patrimônio mundial da UNESCO, na Coreia

SEUL, Coreia do Sul, 10 de maio de 2019 /PRNewswire/ -- Você já passou uma noite em um local Patrimônio Mundial da UNESCO? Se desejar sentir uma história viva ou fazer um escape de sua agitada vida diária, eis algo que você jamais esquecerá - Uma estada num templo ("Templestay") em um "Sansa", que quer dizer, um mosteiro budista na montanha na Coreia.

Para o comunicado multimídia na íntegra, clique aqui: https://www.multivu.com/players/English/8541851-templestay-unesco-world-heritage/

Um grupo de sete Sansa localizados nas províncias do sul da península da Coreia foi acrescentado à Lista de Patrimônio Mundial da UNESCO em junho de 2018. Eles incluem ongdosa, Buseoksa, Bongjeongsa, Beopjusa, Magoksa, Seonamsa e Daeheungsa.

Esses templos coreanos tradicionais rodeados por montanhas foram designados como um local Patrimônio Mundial da UNESCO graças à sua abertura e continuidade do budismo coreano. Esses mosteiros na montanha sobreviveram como locais vívidos de fé e prática religiosa diária por mais de 1.700 anos desde o século IV quando o budismo foi introduzido pela primeira vez na Coreia.

A Templestay é uma boa maneira de conhecer a história, cultura e tradição do budismo. Muitos templos coreanos, incluindo os sansa listados como Patrimônio Mundial da UNESCO, oferecem programas do tipo Templestay. A Templestay significa literalmente, "uma estada em um templo", permitindo aos participantes experimentar um dia de monges budistas. Geralmente, eles dormem por uma noite, experimentando o "Yebul" (cerimônia budista) logo cedo de manhã, "108 bae" (108 prostrações), "Chamseon" (meditação zen) e aprendendo como fazer terços de oração.

Todas as refeições são de dieta vegetariana que os monges comem, portanto, os vegetarianos podem participar sem qualquer dificuldade. Muitos participantes declararam: "Foi uma experiência pacífica e tranquila. Pude conhecer o budismo coreano e a cultura tradicional. Já era hora de eu me conhecer."

As Templestays estão sendo realizadas em um total de 137 templos em todo o país. Mesmo se você não fala nada de coreano, não há o que se preocupar. 27 templos fornecem programas do tipo Templestay em inglês e têm intérpretes de fala inglesa.

Se não tem certeza quanto a qual templo escolher, pode consultar as perguntas frequentes (FAQs) no site da Templestay. Há listas de templos recomendados para meditação, trilhas, alimentos no templo, e aqueles com transporte conveniente, que podem facilitar sua escolha. Se tiver alguma pergunta, pode enviar um e-mail para a Central de Informações da Templestay (support@templestay.com). Se falar com a Templestay, terá as respostas para todas as suas dúvidas.

CONTATO: Templestay Information Center , support@templestay.com, +82-2-2031-2000

FONTE Cultural Corps of Korean Buddhism

SEUL, Coreia do Sul, 10 de maio de 2019 /PRNewswire/ -- Você já passou uma noite em um local Patrimônio Mundial da UNESCO? Se desejar sentir uma história viva ou fazer um escape de sua agitada vida diária, eis algo que você jamais esquecerá - Uma estada num templo ("Templestay") em um "Sansa", que quer dizer, um mosteiro budista na montanha na Coreia.

Para o comunicado multimídia na íntegra, clique aqui: https://www.multivu.com/players/English/8541851-templestay-unesco-world-heritage/

Um grupo de sete Sansa localizados nas províncias do sul da península da Coreia foi acrescentado à Lista de Patrimônio Mundial da UNESCO em junho de 2018. Eles incluem ongdosa, Buseoksa, Bongjeongsa, Beopjusa, Magoksa, Seonamsa e Daeheungsa.

Esses templos coreanos tradicionais rodeados por montanhas foram designados como um local Patrimônio Mundial da UNESCO graças à sua abertura e continuidade do budismo coreano. Esses mosteiros na montanha sobreviveram como locais vívidos de fé e prática religiosa diária por mais de 1.700 anos desde o século IV quando o budismo foi introduzido pela primeira vez na Coreia.

A Templestay é uma boa maneira de conhecer a história, cultura e tradição do budismo. Muitos templos coreanos, incluindo os sansa listados como Patrimônio Mundial da UNESCO, oferecem programas do tipo Templestay. A Templestay significa literalmente, "uma estada em um templo", permitindo aos participantes experimentar um dia de monges budistas. Geralmente, eles dormem por uma noite, experimentando o "Yebul" (cerimônia budista) logo cedo de manhã, "108 bae" (108 prostrações), "Chamseon" (meditação zen) e aprendendo como fazer terços de oração.

Todas as refeições são de dieta vegetariana que os monges comem, portanto, os vegetarianos podem participar sem qualquer dificuldade. Muitos participantes declararam: "Foi uma experiência pacífica e tranquila. Pude conhecer o budismo coreano e a cultura tradicional. Já era hora de eu me conhecer."

As Templestays estão sendo realizadas em um total de 137 templos em todo o país. Mesmo se você não fala nada de coreano, não há o que se preocupar. 27 templos fornecem programas do tipo Templestay em inglês e têm intérpretes de fala inglesa.

Se não tem certeza quanto a qual templo escolher, pode consultar as perguntas frequentes (FAQs) no site da Templestay. Há listas de templos recomendados para meditação, trilhas, alimentos no templo, e aqueles com transporte conveniente, que podem facilitar sua escolha. Se tiver alguma pergunta, pode enviar um e-mail para a Central de Informações da Templestay (support@templestay.com). Se falar com a Templestay, terá as respostas para todas as suas dúvidas.

CONTATO: Templestay Information Center , support@templestay.com, +82-2-2031-2000

FONTE Cultural Corps of Korean Buddhism

Você acabou de ler:

Uma Templestay noturna inesquecível em um mosteiro budista na montanha, patrimônio mundial da UNESCO, na Coreia

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/uma-templestay-noturna-inesquecivel-em-um-mosteiro-budista-na-montanha-patrimonio-mundial-da-unesco-na-coreia/