Unindo tecnologia e educação: UNESCO e Huawei oferecem Campus UNESCO para jovens em 20 países

SHENZHEN, China, 12 de maio de 2022 /PRNewswire/ -- Até o momento, a UNESCO e a Huawei realizaram dez sessões do Campus UNESCO, com foco em tecnologia e educação e alcançando alunos de 39 escolas em 21 países.

O Campus UNESCO é um programa em andamento que oferece a jovens de 14 a 18 anos a chance de compartilhar opiniões com especialistas da UNESCO e da sociedade civil. Os tópicos discutidos em cada sessão de 90 minutos em inglês ou francês estão relacionados aos principais temas da UNESCO, como educação, inteligência artificial, desenvolvimento sustentável, igualdade de gênero e cidadania.

A Huawei é parceira da UNESCO no programa desde junho de 2021. As sessões abordam uma ampla variedade de tópicos, incluindo a relação entre tecnologia e educação, novas tecnologias para o presente e o futuro, e como a tecnologia pode ser usada para o bem. Temas relevantes para questões atuais que surgiram na agenda global quando a pandemia obrigou as escolas a fechar as portas em 2020 foram muito bem recebidos pelos alunos, incluindo as mudanças trazidas para as escolas que contam ou não com tecnologia e a necessidade de escolas físicas quando tudo pode ser encontrado na internet.

"Acreditamos que os desafios dos ODS e da COVID são ingredientes extraordinários para a inovação", disse o Dr. Valtencir Mendes, especialista sênior do programa da UNESCO em um dos campi.

Outras questões de foco durante as sessões do campus têm sido o valor das habilidades digitais e novos comportamentos para prevenir o cyberbullying, uma ameaça que está aumentando para muitos adolescentes em um mundo cada vez mais digital, onde as redes sociais estão predominando e quando os jovens estão fora da sala de aula.

Compartilhar suas experiências e pontos de vista com palestrantes especialistas pode aumentar a conscientização entre os jovens, não apenas sobre como as novas tecnologias impactarão o presente e o futuro, mas também o papel que os adolescentes de hoje podem ter na formação do futuro.

Além de especialistas da UNESCO, entre outros palestrantes estão pessoas inspiradoras das redes da organização, como ONGs, OIGs (organizações intergovernamentais) e startups, abrangendo uma ampla gama de funções, como cientistas, pesquisadores e gerentes de projetos de desenvolvimento local.

Alinhadas com os objetivos do Campus UNESCO, a Huawei e a UNESCO também são parceiras no projeto "escolas abertas viabilizadas por tecnologia para todos", cuja fase de implementação foi lançada em 2021 em Gana, no Egito e na Etiópia. O projeto de três anos está apoiando a construção de sistemas educacionais resilientes que podem resistir a interrupções globais como a COVID-19. Além de conectar escolas, o projeto está oferecendo treinamento para professores e alunos no uso de ferramentas digitais, estabelecendo plataformas on-line para vincular o aprendizado escolar e doméstico, bem como desenvolver currículos digitais que podem ser acessados remotamente.

O projeto "escolas abertas viabilizadas por tecnologia para todos" está alinhado com o domínio de educação Tech4Education da iniciativa de inclusão digital da Huawei, TECH4ALL, que visa impulsionar a equidade e a qualidade da educação com tecnologia sob o principal objetivo da TECH4ALL: não deixar ninguém para trás no mundo digital.

Veja a série no site oficial da Huawei TECH4ALL:

https://www.huawei.com/en/tech4all/stories/bridging-technology-education-campus-unesco

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1816514/image_1.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1816515/image_2.jpg

 

FONTE Huawei

SHENZHEN, China, 12 de maio de 2022 /PRNewswire/ -- Até o momento, a UNESCO e a Huawei realizaram dez sessões do Campus UNESCO, com foco em tecnologia e educação e alcançando alunos de 39 escolas em 21 países.

O Campus UNESCO é um programa em andamento que oferece a jovens de 14 a 18 anos a chance de compartilhar opiniões com especialistas da UNESCO e da sociedade civil. Os tópicos discutidos em cada sessão de 90 minutos em inglês ou francês estão relacionados aos principais temas da UNESCO, como educação, inteligência artificial, desenvolvimento sustentável, igualdade de gênero e cidadania.

A Huawei é parceira da UNESCO no programa desde junho de 2021. As sessões abordam uma ampla variedade de tópicos, incluindo a relação entre tecnologia e educação, novas tecnologias para o presente e o futuro, e como a tecnologia pode ser usada para o bem. Temas relevantes para questões atuais que surgiram na agenda global quando a pandemia obrigou as escolas a fechar as portas em 2020 foram muito bem recebidos pelos alunos, incluindo as mudanças trazidas para as escolas que contam ou não com tecnologia e a necessidade de escolas físicas quando tudo pode ser encontrado na internet.

"Acreditamos que os desafios dos ODS e da COVID são ingredientes extraordinários para a inovação", disse o Dr. Valtencir Mendes, especialista sênior do programa da UNESCO em um dos campi.

Outras questões de foco durante as sessões do campus têm sido o valor das habilidades digitais e novos comportamentos para prevenir o cyberbullying, uma ameaça que está aumentando para muitos adolescentes em um mundo cada vez mais digital, onde as redes sociais estão predominando e quando os jovens estão fora da sala de aula.

Compartilhar suas experiências e pontos de vista com palestrantes especialistas pode aumentar a conscientização entre os jovens, não apenas sobre como as novas tecnologias impactarão o presente e o futuro, mas também o papel que os adolescentes de hoje podem ter na formação do futuro.

Além de especialistas da UNESCO, entre outros palestrantes estão pessoas inspiradoras das redes da organização, como ONGs, OIGs (organizações intergovernamentais) e startups, abrangendo uma ampla gama de funções, como cientistas, pesquisadores e gerentes de projetos de desenvolvimento local.

Alinhadas com os objetivos do Campus UNESCO, a Huawei e a UNESCO também são parceiras no projeto "escolas abertas viabilizadas por tecnologia para todos", cuja fase de implementação foi lançada em 2021 em Gana, no Egito e na Etiópia. O projeto de três anos está apoiando a construção de sistemas educacionais resilientes que podem resistir a interrupções globais como a COVID-19. Além de conectar escolas, o projeto está oferecendo treinamento para professores e alunos no uso de ferramentas digitais, estabelecendo plataformas on-line para vincular o aprendizado escolar e doméstico, bem como desenvolver currículos digitais que podem ser acessados remotamente.

O projeto "escolas abertas viabilizadas por tecnologia para todos" está alinhado com o domínio de educação Tech4Education da iniciativa de inclusão digital da Huawei, TECH4ALL, que visa impulsionar a equidade e a qualidade da educação com tecnologia sob o principal objetivo da TECH4ALL: não deixar ninguém para trás no mundo digital.

Veja a série no site oficial da Huawei TECH4ALL:

https://www.huawei.com/en/tech4all/stories/bridging-technology-education-campus-unesco

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1816514/image_1.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1816515/image_2.jpg

 

FONTE Huawei

Você acabou de ler:

Unindo tecnologia e educação: UNESCO e Huawei oferecem Campus UNESCO para jovens em 20 países

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/unindo-tecnologia-e-educacao-unesco-e-huawei-oferecem-campus-unesco-para-jovens-em-20-paises/