Visão Verde e Futuro Azul: Midea organiza conferência para lançar sua solução para casa inteligente NZEC

A empresa também comemorou um novo marco na produção de seus produtos com a tecnologia R290

FOSHAN, China, 14 de outubro de 2021  /PRNewswire/ -- No dia 11 de outubro, Midea, a marca número um do mundo de equipamentos de tratamento de ar organizou uma conferência com o tema "Visão Verde, Futuro Azul". O evento reuniu no mesmo local gurus do setor, além de líderes em comércio e políticas climáticas para presenciar o lançamento da "Green House", a mais recente solução para casa inteligente da Midea, que foi desenvolvida para ajudar o mundo a atingir as emissões NZEC (consumo de energia quase nulo) e as metas da empresa para apoiar os objetivos mundiais de aumento da eficiência energética e redução do aquecimento global.

Zhang Jianyu, diretor executivo do BRI Green Development institute, observou que as empresas chinesas são estimuladas a integrar o desenvolvimento ecológico ao longo de todo o processo de investimento e cooperação no exterior, o que é um excelente passo para acelerar o desenvolvimento ecológico na China e internacionalmente. Ele também elogiou fabricantes chineses como a Midea por promoverem a área de baixo carbono e por lançarem de forma proativa sua própria iniciativa para combater as mudanças climáticas.

A "Green House" da Midea é uma integração perfeita de três sistemas inteligentes e interoperáveis que compreendem geração de energia, gestão de energia e gestão doméstica. A energia excedente pode ser transmitida para um sistema de armazenamento que não só pode ser utilizado como uma fonte de energia primária à noite ou em condições climáticas desfavoráveis, mas também pode ajudar todo o bairro ao enviar eletricidade para outras residências.

Com os algoritmos avançados da Midea, um sistema de gestão de energia inteligente implementa e coordena de forma inteligente a geração de energia solar, armazenamento de energia, carregamento e descarregamento. Além disso, ele pode funcionar em conjunto com o sistema MSmartLife para fornecer energia para todos os eletrodomésticos inteligentes na casa, incluindo condicionadores de ar, refrigeradores, máquinas de lavar e eletrodomésticos. O resultado é uma casa independente de energia que aproveita todo um conjunto de tecnologias de última geração da Midea para alcançar o NZEC e maximizar a utilização de energia, em linha com a ambição  da empresa de reduzir integralmente o carbono das residências.

Também foi realizada uma cerimônia durante o evento para registrar a produção do 2.100.000º aparelho de ar condicionado (AC) R290 da Midea, a primeira unidade de AC a receber o selo ecológico Blue Angel da Alemanha.

Kristian Mao-Chang Wilkening, diretor de projetos da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) expressou seu reconhecimento pelos esforços e contribuição da empresa para o desenvolvimento de baixo carbono. Ele disse: "Pela produção do R290, a Midea foi o primeiro fabricante a receber o certificado Blue Angel. Isso demonstra que a Midea atende aos mais altos padrões ambientais. A implementação de dois milhões e cem mil unidades é impressionante."

Premiada pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (ONUDI) por sua contribuição excepcional para combater as mudanças climáticas, a Midea tem liderado um projeto de uma década para desenvolver uma solução produtiva em massa, eficiente e confiável, substituindo o HCFC-22 por propano (R-290). Dados da ONUDI de 2020 mostraram que os produtos com a tecnologia R-290 da Midea ajudaram a eliminar o potencial de destruição da camada de ozônio e reduziram o equivalente a mais de 970 mil toneladas de CO2 anualmente.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1661013/image_1.jpg

 

FONTE Midea

A empresa também comemorou um novo marco na produção de seus produtos com a tecnologia R290

FOSHAN, China, 14 de outubro de 2021  /PRNewswire/ -- No dia 11 de outubro, Midea, a marca número um do mundo de equipamentos de tratamento de ar organizou uma conferência com o tema "Visão Verde, Futuro Azul". O evento reuniu no mesmo local gurus do setor, além de líderes em comércio e políticas climáticas para presenciar o lançamento da "Green House", a mais recente solução para casa inteligente da Midea, que foi desenvolvida para ajudar o mundo a atingir as emissões NZEC (consumo de energia quase nulo) e as metas da empresa para apoiar os objetivos mundiais de aumento da eficiência energética e redução do aquecimento global.

Zhang Jianyu, diretor executivo do BRI Green Development institute, observou que as empresas chinesas são estimuladas a integrar o desenvolvimento ecológico ao longo de todo o processo de investimento e cooperação no exterior, o que é um excelente passo para acelerar o desenvolvimento ecológico na China e internacionalmente. Ele também elogiou fabricantes chineses como a Midea por promoverem a área de baixo carbono e por lançarem de forma proativa sua própria iniciativa para combater as mudanças climáticas.

A "Green House" da Midea é uma integração perfeita de três sistemas inteligentes e interoperáveis que compreendem geração de energia, gestão de energia e gestão doméstica. A energia excedente pode ser transmitida para um sistema de armazenamento que não só pode ser utilizado como uma fonte de energia primária à noite ou em condições climáticas desfavoráveis, mas também pode ajudar todo o bairro ao enviar eletricidade para outras residências.

Com os algoritmos avançados da Midea, um sistema de gestão de energia inteligente implementa e coordena de forma inteligente a geração de energia solar, armazenamento de energia, carregamento e descarregamento. Além disso, ele pode funcionar em conjunto com o sistema MSmartLife para fornecer energia para todos os eletrodomésticos inteligentes na casa, incluindo condicionadores de ar, refrigeradores, máquinas de lavar e eletrodomésticos. O resultado é uma casa independente de energia que aproveita todo um conjunto de tecnologias de última geração da Midea para alcançar o NZEC e maximizar a utilização de energia, em linha com a ambição  da empresa de reduzir integralmente o carbono das residências.

Também foi realizada uma cerimônia durante o evento para registrar a produção do 2.100.000º aparelho de ar condicionado (AC) R290 da Midea, a primeira unidade de AC a receber o selo ecológico Blue Angel da Alemanha.

Kristian Mao-Chang Wilkening, diretor de projetos da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) expressou seu reconhecimento pelos esforços e contribuição da empresa para o desenvolvimento de baixo carbono. Ele disse: "Pela produção do R290, a Midea foi o primeiro fabricante a receber o certificado Blue Angel. Isso demonstra que a Midea atende aos mais altos padrões ambientais. A implementação de dois milhões e cem mil unidades é impressionante."

Premiada pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (ONUDI) por sua contribuição excepcional para combater as mudanças climáticas, a Midea tem liderado um projeto de uma década para desenvolver uma solução produtiva em massa, eficiente e confiável, substituindo o HCFC-22 por propano (R-290). Dados da ONUDI de 2020 mostraram que os produtos com a tecnologia R-290 da Midea ajudaram a eliminar o potencial de destruição da camada de ozônio e reduziram o equivalente a mais de 970 mil toneladas de CO2 anualmente.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1661013/image_1.jpg

 

FONTE Midea

Você acabou de ler:

Visão Verde e Futuro Azul: Midea organiza conferência para lançar sua solução para casa inteligente NZEC

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/visao-verde-e-futuro-azul-midea-organiza-conferencia-para-lancar-sua-solucao-para-casa-inteligente-nzec/