Voos diretos para o México ganham mais de 1,5 milhão de novos assentos em 2018

Crescimento exponencial do turismo e dos negócios leva a aumento da conectividade aérea do sexto país mais visitado do mundo

CIDADE DO MÉXICO, 12 de junho de 2018 /PRNewswire/ -- O Mexico Tourism Board (MTB) anunciou hoje que a conectividade aérea global do México continua em trajetória ascendente com o acréscimo de 1,5 milhão de assentos em voos diretos para o país em 2018. O aumento da conectividade aérea deve resultar em quase 30 milhões de assentos até o final do ano a fim de satisfazer à demanda de viagens aos principais pontos turísticos do país. O México recebeu 10,6 milhões de turistas no primeiro trimestre de 2018, um número recorde que representou um aumento de 12,6% sobre as 9,4 milhões de chegadas de visitantes internacionais documentadas durante o mesmo período em 2017.

O México é agora o sexto país mais visitado do mundo, com 39,3 milhões de viajantes internacionais em 2017 – dos quais 18,6 milhões viajaram por via aérea. A receita de turismo também cresceu 7,2% no primeiro trimestre de 2018 em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a US$ 6,2 bilhões. O forte compromisso do México com uma conectividade aérea cada vez maior para atender à demanda dos consumidores levou a investimentos no desenvolvimento de parcerias estreitas com companhias aéreas, hotéis e o segmento turístico, à diversificação de produtos de turismo, à promoção de destinos novos e consolidados e à oferta aos viajantes de características pelas quais o México é reconhecido em todo o mundo: simpatia, hospitalidade e atendimento de primeira categoria.

"O aumento da conectividade aérea é um componente essencial da nossa estratégia de crescimento do turismo", afirmou o secretário de Turismo, Enrique de la Madrid. "A expansão das rotas aéreas não só melhora o acesso de visitantes de todos os cantos do mundo a tudo o que o México tem a oferecer, como também solidifica a atratividade do país para o setor de negócios. O México é um mundo em si próprio, e a demanda de acesso às suas praias, cidades vibrantes e vilarejos mágicos é uma proposta vencedora para a indústria da aviação."

Como parte da sua estratégia de conectividade, o México está buscando diversificar ainda mais as origens do seu turismo com mais viajantes provenientes da China, Japão, Coreia do Sul, Oriente Médio e Índia. Várias novas rotas tornarão o México mais acessível a visitantes de todo o mundo. Um exemplo é o primeiro voo de Pequim à Cidade do México, via Tijuana, com a Hainan Airlines. Ou a rota da Emirates Airlines entre Dubai e a Cidade do México, via Barcelona.

O México continua priorizando e desenvolvendo parcerias globais para dar conta do aumento da popularidade internacional com uma série de novas rotas aéreas, entre elas:

América do Norte

  • Boston à Cidade do México
  • Calgary à Cidade do México
  • Chicago a Guadalajara
  • Chicago a León
  • Detroit a León
  • Nova York à Cidade do México
  • Filadélfia à Cidade do México
  • Sacramento a Los Cabos
  • Salt Lake City a Guadalajara
  • San Diego a Puerto Vallarta
  • San Francisco a Cancún
  • San Francisco a Guadalajara
  • San Jose a Los Cabos
  • Vancouver à Cidade do México

Europa

  • Helsinque (Finlândia) a Puerto Vallarta

Ásia/Oriente Médio

  • Pequim (China) à Cidade do México, via Tijuana
  • Dubai (Emirados Árabes) à Cidade do México, via Barcelona

As 16 novas rotas diretas para o México contribuirão com 1,5 milhão de novos assentos em voos diretos.i As companhias aéreas mexicanas respondem por mais da metade do aumento da capacidade, lideradas por:

  • Vivaaerobus, aumento de 318,2%
  • Interjet, aumento de 19,8%
  • Aeromexico, aumento de 7,4%

Companhias da América do Norte, América Latina, Europa e Ásia também contribuem com a elevação do número de assentos, incluindo:

  • Eurowings, aumento de 107%
  • Edelweiss Air, aumento de 79,7%
  • Air Canada, aumento de 22,1%
  • Spirit Airlines, aumento de 21,4%
  • Westjet, aumento de 19,6%
  • JetBlue Airways, aumento de 16%
  • Thomas Cook Airlines, aumento de 14,8%
  • Iberia, aumento de 11,5%
  • Avianca, aumento de 9,7%
  • Air Transat, aumento de 8,8%
  • Aerolíneas Argentinas, aumento de 8,4%
  • LATAM Airlines, aumento de 7,8%
  • Air France, aumento de 6,2%
  • Alaska Airlines, aumento de 4,6%
  • Copa Airlines, aumento de 3,8%

Para obter mais informações, acesse www.visitmexico.com ou siga os nossos canais sociais oficiais do VisitMexico:

Facebook, Twitter e Instagram.

Contato com a imprensa: Mario Araujo Mario.araujo@mslgroup.com

i Fonte: OAG Aviation, analisador de programação. Variação de 2017 a 2018. 24 de maio de 2018.

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/462407/Mexico_Tourism_Board_Logo.jpg

FONTE Mexico Tourism Board

Crescimento exponencial do turismo e dos negócios leva a aumento da conectividade aérea do sexto país mais visitado do mundo

CIDADE DO MÉXICO, 12 de junho de 2018 /PRNewswire/ -- O Mexico Tourism Board (MTB) anunciou hoje que a conectividade aérea global do México continua em trajetória ascendente com o acréscimo de 1,5 milhão de assentos em voos diretos para o país em 2018. O aumento da conectividade aérea deve resultar em quase 30 milhões de assentos até o final do ano a fim de satisfazer à demanda de viagens aos principais pontos turísticos do país. O México recebeu 10,6 milhões de turistas no primeiro trimestre de 2018, um número recorde que representou um aumento de 12,6% sobre as 9,4 milhões de chegadas de visitantes internacionais documentadas durante o mesmo período em 2017.

O México é agora o sexto país mais visitado do mundo, com 39,3 milhões de viajantes internacionais em 2017 – dos quais 18,6 milhões viajaram por via aérea. A receita de turismo também cresceu 7,2% no primeiro trimestre de 2018 em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a US$ 6,2 bilhões. O forte compromisso do México com uma conectividade aérea cada vez maior para atender à demanda dos consumidores levou a investimentos no desenvolvimento de parcerias estreitas com companhias aéreas, hotéis e o segmento turístico, à diversificação de produtos de turismo, à promoção de destinos novos e consolidados e à oferta aos viajantes de características pelas quais o México é reconhecido em todo o mundo: simpatia, hospitalidade e atendimento de primeira categoria.

"O aumento da conectividade aérea é um componente essencial da nossa estratégia de crescimento do turismo", afirmou o secretário de Turismo, Enrique de la Madrid. "A expansão das rotas aéreas não só melhora o acesso de visitantes de todos os cantos do mundo a tudo o que o México tem a oferecer, como também solidifica a atratividade do país para o setor de negócios. O México é um mundo em si próprio, e a demanda de acesso às suas praias, cidades vibrantes e vilarejos mágicos é uma proposta vencedora para a indústria da aviação."

Como parte da sua estratégia de conectividade, o México está buscando diversificar ainda mais as origens do seu turismo com mais viajantes provenientes da China, Japão, Coreia do Sul, Oriente Médio e Índia. Várias novas rotas tornarão o México mais acessível a visitantes de todo o mundo. Um exemplo é o primeiro voo de Pequim à Cidade do México, via Tijuana, com a Hainan Airlines. Ou a rota da Emirates Airlines entre Dubai e a Cidade do México, via Barcelona.

O México continua priorizando e desenvolvendo parcerias globais para dar conta do aumento da popularidade internacional com uma série de novas rotas aéreas, entre elas:

América do Norte

  • Boston à Cidade do México
  • Calgary à Cidade do México
  • Chicago a Guadalajara
  • Chicago a León
  • Detroit a León
  • Nova York à Cidade do México
  • Filadélfia à Cidade do México
  • Sacramento a Los Cabos
  • Salt Lake City a Guadalajara
  • San Diego a Puerto Vallarta
  • San Francisco a Cancún
  • San Francisco a Guadalajara
  • San Jose a Los Cabos
  • Vancouver à Cidade do México

Europa

  • Helsinque (Finlândia) a Puerto Vallarta

Ásia/Oriente Médio

  • Pequim (China) à Cidade do México, via Tijuana
  • Dubai (Emirados Árabes) à Cidade do México, via Barcelona

As 16 novas rotas diretas para o México contribuirão com 1,5 milhão de novos assentos em voos diretos.i As companhias aéreas mexicanas respondem por mais da metade do aumento da capacidade, lideradas por:

  • Vivaaerobus, aumento de 318,2%
  • Interjet, aumento de 19,8%
  • Aeromexico, aumento de 7,4%

Companhias da América do Norte, América Latina, Europa e Ásia também contribuem com a elevação do número de assentos, incluindo:

  • Eurowings, aumento de 107%
  • Edelweiss Air, aumento de 79,7%
  • Air Canada, aumento de 22,1%
  • Spirit Airlines, aumento de 21,4%
  • Westjet, aumento de 19,6%
  • JetBlue Airways, aumento de 16%
  • Thomas Cook Airlines, aumento de 14,8%
  • Iberia, aumento de 11,5%
  • Avianca, aumento de 9,7%
  • Air Transat, aumento de 8,8%
  • Aerolíneas Argentinas, aumento de 8,4%
  • LATAM Airlines, aumento de 7,8%
  • Air France, aumento de 6,2%
  • Alaska Airlines, aumento de 4,6%
  • Copa Airlines, aumento de 3,8%

Para obter mais informações, acesse www.visitmexico.com ou siga os nossos canais sociais oficiais do VisitMexico:

Facebook, Twitter e Instagram.

Contato com a imprensa: Mario Araujo Mario.araujo@mslgroup.com

i Fonte: OAG Aviation, analisador de programação. Variação de 2017 a 2018. 24 de maio de 2018.

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/462407/Mexico_Tourism_Board_Logo.jpg

FONTE Mexico Tourism Board

Você acabou de ler:

Voos diretos para o México ganham mais de 1,5 milhão de novos assentos em 2018

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/voos-diretos-para-o-mexico-ganham-mais-de-15-milhao-de-novos-assentos-em-2018/