VOXPROTECT - a voz de uma testemunha não está protegida

PARIS, 12 de julho de 2022 /PRNewswire/ -- Nossa voz é única. No entanto, com o advento das tecnologias digitais e a proliferação de tecnologias como DEEPFAKE AUDIO, a voz agora pode ser sintetizada, modificada e reconhecida.

Para ver a notícia em multimídia, clique em:

https://www.multivu.com/players/uk/9057251-voxprotect-witness-voice-is-not-protected/

Infelizmente, hoje em dia, um dos meios necessários à proteção a testemunhas utilizados em todos os noticiários e casos criminais continua sendo a modificação da voz por efeitos lineares existentes no mercado, como o efeito "pitch": a transformação do tom de um sinal processado.

Esses métodos de trabalho remontam à era analógica. Atualmente, há funções inversas simples disponíveis na internet. Esse acesso de pesquisa a uma representação espectral de um sinal, o equivalente a uma impressão digital da voz, reverte todos os efeitos de áudio existentes.

Esses métodos se tornaram obsoletos e perigosos e não garantem o anonimato das testemunhas.

Uma falha na proteção que poucos serviços oficiais, principalmente a Justiça, parecem saber.

Em termos concretos, se tomarmos um exemplo de representação espectral, a análise antes e depois do pitch não modifica os fundamentos do sinal.

Não se observa nenhuma modificação. Isso confirma a NÃO PROTEÇÃO à voz das testemunhas pelo simples tratamento do "pitch" ou de outros efeitos lineares.

Com base nessa observação, que não somos os únicos a denunciar, após quatro anos de pesquisa e desenvolvimento com pesquisadores especializados e o apoio do RIAM, CNC, BPI e INRIA, a SWEALINK oferece a única proteção segura à voz das testemunhas, um plug-in denominado VOX PROTECT.

Como prova de sua irreversibilidade, se compararmos a voz original e a voz processada pelo VOX PROTECT, podemos ver que o sinal passou, de fato, por transformações essenciais, protegendo, assim, a testemunha de um reconhecimento de voz pela analogia dos sinais.

O VOX PROTECT é o único software que protege a testemunha, o usuário do plug-in e o próprio software por meio de seu modelo operacional inovador.

Links das redes sociais: 

https://www.facebook.com/voxprotect

https://www.instagram.com/voxprotect/

Para mais informações: VOXPROTECT.COM

Contato para a imprensa: contact@voxprotect.com 

Video - https://mma.prnewswire.com/media/1854274/VOXPROTECT.mp4

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1833099/VOXPROTECT.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1833100/VOXPROTECT_Logo.jpg

 

 

 

 

 

FONTE VOXPROTECT

PARIS, 12 de julho de 2022 /PRNewswire/ -- Nossa voz é única. No entanto, com o advento das tecnologias digitais e a proliferação de tecnologias como DEEPFAKE AUDIO, a voz agora pode ser sintetizada, modificada e reconhecida.

Para ver a notícia em multimídia, clique em:

https://www.multivu.com/players/uk/9057251-voxprotect-witness-voice-is-not-protected/

Infelizmente, hoje em dia, um dos meios necessários à proteção a testemunhas utilizados em todos os noticiários e casos criminais continua sendo a modificação da voz por efeitos lineares existentes no mercado, como o efeito "pitch": a transformação do tom de um sinal processado.

Esses métodos de trabalho remontam à era analógica. Atualmente, há funções inversas simples disponíveis na internet. Esse acesso de pesquisa a uma representação espectral de um sinal, o equivalente a uma impressão digital da voz, reverte todos os efeitos de áudio existentes.

Esses métodos se tornaram obsoletos e perigosos e não garantem o anonimato das testemunhas.

Uma falha na proteção que poucos serviços oficiais, principalmente a Justiça, parecem saber.

Em termos concretos, se tomarmos um exemplo de representação espectral, a análise antes e depois do pitch não modifica os fundamentos do sinal.

Não se observa nenhuma modificação. Isso confirma a NÃO PROTEÇÃO à voz das testemunhas pelo simples tratamento do "pitch" ou de outros efeitos lineares.

Com base nessa observação, que não somos os únicos a denunciar, após quatro anos de pesquisa e desenvolvimento com pesquisadores especializados e o apoio do RIAM, CNC, BPI e INRIA, a SWEALINK oferece a única proteção segura à voz das testemunhas, um plug-in denominado VOX PROTECT.

Como prova de sua irreversibilidade, se compararmos a voz original e a voz processada pelo VOX PROTECT, podemos ver que o sinal passou, de fato, por transformações essenciais, protegendo, assim, a testemunha de um reconhecimento de voz pela analogia dos sinais.

O VOX PROTECT é o único software que protege a testemunha, o usuário do plug-in e o próprio software por meio de seu modelo operacional inovador.

Links das redes sociais: 

https://www.facebook.com/voxprotect

https://www.instagram.com/voxprotect/

Para mais informações: VOXPROTECT.COM

Contato para a imprensa: contact@voxprotect.com 

Video - https://mma.prnewswire.com/media/1854274/VOXPROTECT.mp4

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1833099/VOXPROTECT.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1833100/VOXPROTECT_Logo.jpg

 

 

 

 

 

FONTE VOXPROTECT

Você acabou de ler:

VOXPROTECT - a voz de uma testemunha não está protegida

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/voxprotect-a-voz-de-uma-testemunha-nao-esta-protegida/