WeWork atinge marca de zero plástico na América Latina

Iniciativa de sustentabilidade da rede global de espaços de trabalho busca neutralizar emissões de carbono até 2023

SÃO PAULO, 24 de abril de 2019 /PRNewswire/ -- A WeWork anuncia sua iniciativa de sustentabilidade global, que já conta com um resultado surpreendente: a eliminação oficial dos itens de plástico de uso único em todas as suas 52 unidades na América Latina. Com isso, a WeWork alcançará, a cada ano, a economia do uso de 17.740.800 itens de plástico, considerando seus membros (atualmente, são 56 mil pessoas na região).

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/877021/WeWork.jpg

Para alcançar essa marca, a WeWork substituiu o plástico de uso único por opções sustentáveis, como papel e materiais compostáveis, ou metal e vidro, que podem ser reutilizados. No Brasil, implementou copos de polipropileno duráveis, que podem ser reutilizados e reciclados. Para eventos, passou a utilizar copos de mandioca que se desintegram 24 horas após o uso. "O plástico de uso único é apenas o primeiro material que estamos erradicando. Baseamos nossa estratégia em um ciclo sustentável: reduzir o uso, reutilizar e reciclar", afirma Mariel Rivera, gerente de sustentabilidade da WeWork na América Latina.

Parceria pela redução do consumo energético

O uso consciente de materiais é apenas um dos pilares nos quais a WeWork tem concentrado seus esforços. Segundo Luis Torrescano, gerente de energia da região, a WeWork tem o compromisso de neutralizar suas emissões de carbono até 2023. "No curto prazo, estamos no processo de estabelecer um banco de dados de consumo de energia em todo o mundo para gerenciar e reduzir esse gasto". A própria forma como a WeWork projeta seus espaços de trabalho contribui nesse sentido, uma vez que seus escritórios são 2,5 vezes mais eficientes do que os escritórios tradicionais em termos de utilização de espaço.

No Brasil, a empresa colabora com a startup Nossa Casa, finalista do Creator Awards 2018, iniciativa da WeWork que reconhece projetos de alto impacto. A startup transforma resíduos de embalagens TetraPak em um forro isolante térmico, para proteger famílias do calor emitido pelas telhas de amianto e proporcionar eficiência energética em comunidades de baixa renda do Rio de Janeiro. Com o revestimento, a temperatura no interior das casas é reduzida em até 9oC e o consumo do refrigerador cai em 11%.

Para apoiar a Nossa Casa, a WeWork conta com um projeto de separação e tratamento das embalagens TetraPak utilizadas em suas unidades. A ação teve início no Rio de Janeiro. Nas próximas semanas, a empresa expandirá a prática também em São Paulo.

Contato: Larissa Ocampos - Larissa.ocampos@cdn.com.br – (11) 3643-2706

 

FONTE WeWork

Iniciativa de sustentabilidade da rede global de espaços de trabalho busca neutralizar emissões de carbono até 2023

SÃO PAULO, 24 de abril de 2019 /PRNewswire/ -- A WeWork anuncia sua iniciativa de sustentabilidade global, que já conta com um resultado surpreendente: a eliminação oficial dos itens de plástico de uso único em todas as suas 52 unidades na América Latina. Com isso, a WeWork alcançará, a cada ano, a economia do uso de 17.740.800 itens de plástico, considerando seus membros (atualmente, são 56 mil pessoas na região).

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/877021/WeWork.jpg

Para alcançar essa marca, a WeWork substituiu o plástico de uso único por opções sustentáveis, como papel e materiais compostáveis, ou metal e vidro, que podem ser reutilizados. No Brasil, implementou copos de polipropileno duráveis, que podem ser reutilizados e reciclados. Para eventos, passou a utilizar copos de mandioca que se desintegram 24 horas após o uso. "O plástico de uso único é apenas o primeiro material que estamos erradicando. Baseamos nossa estratégia em um ciclo sustentável: reduzir o uso, reutilizar e reciclar", afirma Mariel Rivera, gerente de sustentabilidade da WeWork na América Latina.

Parceria pela redução do consumo energético

O uso consciente de materiais é apenas um dos pilares nos quais a WeWork tem concentrado seus esforços. Segundo Luis Torrescano, gerente de energia da região, a WeWork tem o compromisso de neutralizar suas emissões de carbono até 2023. "No curto prazo, estamos no processo de estabelecer um banco de dados de consumo de energia em todo o mundo para gerenciar e reduzir esse gasto". A própria forma como a WeWork projeta seus espaços de trabalho contribui nesse sentido, uma vez que seus escritórios são 2,5 vezes mais eficientes do que os escritórios tradicionais em termos de utilização de espaço.

No Brasil, a empresa colabora com a startup Nossa Casa, finalista do Creator Awards 2018, iniciativa da WeWork que reconhece projetos de alto impacto. A startup transforma resíduos de embalagens TetraPak em um forro isolante térmico, para proteger famílias do calor emitido pelas telhas de amianto e proporcionar eficiência energética em comunidades de baixa renda do Rio de Janeiro. Com o revestimento, a temperatura no interior das casas é reduzida em até 9oC e o consumo do refrigerador cai em 11%.

Para apoiar a Nossa Casa, a WeWork conta com um projeto de separação e tratamento das embalagens TetraPak utilizadas em suas unidades. A ação teve início no Rio de Janeiro. Nas próximas semanas, a empresa expandirá a prática também em São Paulo.

Contato: Larissa Ocampos - Larissa.ocampos@cdn.com.br – (11) 3643-2706

 

FONTE WeWork