WeWork lança Relatório Global de Impacto Econômico

SÃO PAULO, 30 de abril de 2019 /PRNewswire/ -- A WeWork, rede global de espaços de trabalho, lançou em 29/04 seu primeiro Relatório Global de Impacto Econômico, em parceria com a HR&A Advisors. O documento mostra o impacto da comunidade da empresa na economia mundial - cerca de 680 mil empregos e uma contribuição de US$ 122,3 bilhões para o PIB global. Se a "economia WeWork" (empregos e PIB gerados pelos membros, incluindo os indiretos) fosse uma cidade, seu PIB seria equivalente a municípios como Vancouver, Dublin ou Austin. 

O relatório traz dados que ilustram a forma como a WeWork ajuda empresas de todos os tamanhos a se desenvolverem com mais eficiência, atraindo e retendo força de trabalho, e expandindo sua presença global, criando um efeito econômico cascata em todo o mundo. Globalmente, 54% dos membros creditam à WeWork a capacidade de acelerar o crescimento de suas empresas; e 80% dos membros relatam aumento da produtividade desde sua adesão.

Em São Paulo e no Rio de Janeiro, onde a empresa atua desde 2017, a WeWork apoia a criação de novas vagas de emprego e tem um impacto positivo no dia a dia de indivíduos, empresas e bairros dessas cidades. Alguns dos principais resultados brasileiros do Relatório Global de Impacto Econômico 2019 da WeWork incluem:

Contribuição para o PIB

  • Em São Paulo, a economia WeWork contribuiu diretamente com R$ 988 milhões e indiretamente com R$ 213 milhões do PIB na cidade.

  • No Rio de Janeiro, contribuiu diretamente com R$ 270,3 milhões e indiretamente com R$ 26,1 milhões para o PIB da cidade.

Geração de emprego

  • Em São Paulo, a WeWork gera um multiplicador econômico de 1,2 - a cada membro, outros 0,2 empregos são gerados na cidade. No total, aproximadamente 13.000 empregos estão ligados à WeWork (10.800 membros da WeWork + 1.700 empregos atribuídos ao fator multiplicador).

Fortalecimento da economia local

  • 55% dos membros no Rio de Janeiro não trabalhavam no bairro antes de ingressar na WeWork.

  • 74% dos membros em São Paulo não trabalhavam no bairro, trazendo mais atividades e gastos em restaurantes e lojas locais.

Desenvolvimento de membros

  • Em São Paulo, 65% dos membros dizem que a WeWork ajudou a empresa a acelerar seu crescimento. Além disso, 20% dos membros são empreendedores pela primeira vez.

  • No Rio de Janeiro, 62% dos membros dizem que a WeWork ajudou a empresa a acelerar seu crescimento. E 19% dos membros são empreendedores pela primeira vez.

Contato: Larissa Ocampos - Larissa.ocampos@cdn.com.br – (11) 3643-2706  

FONTE WeWork

SÃO PAULO, 30 de abril de 2019 /PRNewswire/ -- A WeWork, rede global de espaços de trabalho, lançou em 29/04 seu primeiro Relatório Global de Impacto Econômico, em parceria com a HR&A Advisors. O documento mostra o impacto da comunidade da empresa na economia mundial - cerca de 680 mil empregos e uma contribuição de US$ 122,3 bilhões para o PIB global. Se a "economia WeWork" (empregos e PIB gerados pelos membros, incluindo os indiretos) fosse uma cidade, seu PIB seria equivalente a municípios como Vancouver, Dublin ou Austin. 

O relatório traz dados que ilustram a forma como a WeWork ajuda empresas de todos os tamanhos a se desenvolverem com mais eficiência, atraindo e retendo força de trabalho, e expandindo sua presença global, criando um efeito econômico cascata em todo o mundo. Globalmente, 54% dos membros creditam à WeWork a capacidade de acelerar o crescimento de suas empresas; e 80% dos membros relatam aumento da produtividade desde sua adesão.

Em São Paulo e no Rio de Janeiro, onde a empresa atua desde 2017, a WeWork apoia a criação de novas vagas de emprego e tem um impacto positivo no dia a dia de indivíduos, empresas e bairros dessas cidades. Alguns dos principais resultados brasileiros do Relatório Global de Impacto Econômico 2019 da WeWork incluem:

Contribuição para o PIB

  • Em São Paulo, a economia WeWork contribuiu diretamente com R$ 988 milhões e indiretamente com R$ 213 milhões do PIB na cidade.

  • No Rio de Janeiro, contribuiu diretamente com R$ 270,3 milhões e indiretamente com R$ 26,1 milhões para o PIB da cidade.

Geração de emprego

  • Em São Paulo, a WeWork gera um multiplicador econômico de 1,2 - a cada membro, outros 0,2 empregos são gerados na cidade. No total, aproximadamente 13.000 empregos estão ligados à WeWork (10.800 membros da WeWork + 1.700 empregos atribuídos ao fator multiplicador).

Fortalecimento da economia local

  • 55% dos membros no Rio de Janeiro não trabalhavam no bairro antes de ingressar na WeWork.

  • 74% dos membros em São Paulo não trabalhavam no bairro, trazendo mais atividades e gastos em restaurantes e lojas locais.

Desenvolvimento de membros

  • Em São Paulo, 65% dos membros dizem que a WeWork ajudou a empresa a acelerar seu crescimento. Além disso, 20% dos membros são empreendedores pela primeira vez.

  • No Rio de Janeiro, 62% dos membros dizem que a WeWork ajudou a empresa a acelerar seu crescimento. E 19% dos membros são empreendedores pela primeira vez.

Contato: Larissa Ocampos - Larissa.ocampos@cdn.com.br – (11) 3643-2706  

FONTE WeWork

Você acabou de ler:

WeWork lança Relatório Global de Impacto Econômico

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/wework-lanca-relatorio-global-de-impacto-economico/