Xinhua Silk Road: A segunda Conferência Internacional sobre o Desenvolvimento da Energia Verde foi realizada em Yangzhong, no leste da China

NANJING, China, 17 de outubro de 2019 /PRNewswire/ -- A segunda edição da Conferência Internacional para o Desenvolvimento da Energia Verde (IGEDC - International Green Energy Development Conference) foi realizada na quarta-feira em Yangzhong, na Província de Jiangsu, no leste da China, tendo como tema a aplicação global da energia verde e desenvolvimento urbano de alta qualidade para este ano.

A conferência foi patrocinada pelo Serviço de Informações Econômicas da China (CEIS – China Economic Information Service), pela Associação da Indústria Fotovoltaica da China e pelo Comitê Especializado em Energia Renovável da Sociedade de Pesquisa Energética da China, entre outras instituições.

Com participação de especialistas e empreendedores nacionais e internacionais, a conferência tem por objetivo explorar e apresentar as tecnologias e casos práticos mais atuais na aplicação da energia verde, e construir uma plataforma de cooperação internacional.

"A primeira IGEDC foi realizada com sucesso em Yangzhong em 2017 e a prática adotada na cidade estabeleceu um modelo para o desenvolvimento global da energia verde, transformação verde urbana e construção de uma civilização ecológica", disse Shi Zhengrong, presidente do comitê organizador da conferência e acadêmico da Academia Australiana de Ciências Tecnológicas e Engenharia (Australian Academy of Technological Sciences and Engineering).

Os especialistas participantes acreditam que o desenvolvimento da energia verde não é somente uma maneira crucial para a sociedade internacional lidar com a deficiência de energia, mas também é uma escolha estratégica para a China melhorar a proteção ambiental, garantir a segurança energética e atualizar a estrutura energética.

Xu Yuchang, presidente do conselho e presidente da CEIS, disse que os visionários e os países responsáveis no mundo estão dando maior importância ao desenvolvimento da energia verde, e que o futuro do setor de energia verde será ainda mais brilhante.

O desenvolvimento verde se tornou um cartão de visitas para Yangzhong. A cidade está comprometida com o desenvolvimento verde e criou seu próprio caminho, no qual o setor verde é orientado pelo desenvolvimento verde, e o consumo verde começou a beneficiar a cidade verde, disse Yin Min, secretário do Comitê Municipal do Partido Comunista da China de Yangzhong.

Yangzhong pretende alcançar consumo zero de carvão na ilha principal e 100 por cento de consumo de eletricidade verde residencial até 2020, e alcançar consumo zero de carvão em toda a cidade e 100 por cento de energia renovável com emissão zero de dióxido de carbono até 2030.

A conferência desse ano é composta de um fórum principal e três sub-fóruns respectivamente sobre a cooperação internacional na energia verde ao longo do Cinturão e Rota, facilitação da inteligência artificial para desenvolvimento sustentável e complementar entre a piscicultura/agricultura e a geração de energia fotovoltaica e Internet da energia.

Durante a conferência, a CEIS lançou o Relatório Anual de Desenvolvimento das Aplicações Globais da Energia Verde e o Relatório sobre o Ambiente de Investimentos em Energia Verde do Cinturão e Rota (2019).

Veja o link original: https://en.imsilkroad.com/p/308819.html

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1012601/2nd_International_Green_Energy_Development_Conference_held_in_E_China_s_Yangzhong.jpg

FONTE Xinhua Silk Road Information Service

NANJING, China, 17 de outubro de 2019 /PRNewswire/ -- A segunda edição da Conferência Internacional para o Desenvolvimento da Energia Verde (IGEDC - International Green Energy Development Conference) foi realizada na quarta-feira em Yangzhong, na Província de Jiangsu, no leste da China, tendo como tema a aplicação global da energia verde e desenvolvimento urbano de alta qualidade para este ano.

A conferência foi patrocinada pelo Serviço de Informações Econômicas da China (CEIS – China Economic Information Service), pela Associação da Indústria Fotovoltaica da China e pelo Comitê Especializado em Energia Renovável da Sociedade de Pesquisa Energética da China, entre outras instituições.

Com participação de especialistas e empreendedores nacionais e internacionais, a conferência tem por objetivo explorar e apresentar as tecnologias e casos práticos mais atuais na aplicação da energia verde, e construir uma plataforma de cooperação internacional.

"A primeira IGEDC foi realizada com sucesso em Yangzhong em 2017 e a prática adotada na cidade estabeleceu um modelo para o desenvolvimento global da energia verde, transformação verde urbana e construção de uma civilização ecológica", disse Shi Zhengrong, presidente do comitê organizador da conferência e acadêmico da Academia Australiana de Ciências Tecnológicas e Engenharia (Australian Academy of Technological Sciences and Engineering).

Os especialistas participantes acreditam que o desenvolvimento da energia verde não é somente uma maneira crucial para a sociedade internacional lidar com a deficiência de energia, mas também é uma escolha estratégica para a China melhorar a proteção ambiental, garantir a segurança energética e atualizar a estrutura energética.

Xu Yuchang, presidente do conselho e presidente da CEIS, disse que os visionários e os países responsáveis no mundo estão dando maior importância ao desenvolvimento da energia verde, e que o futuro do setor de energia verde será ainda mais brilhante.

O desenvolvimento verde se tornou um cartão de visitas para Yangzhong. A cidade está comprometida com o desenvolvimento verde e criou seu próprio caminho, no qual o setor verde é orientado pelo desenvolvimento verde, e o consumo verde começou a beneficiar a cidade verde, disse Yin Min, secretário do Comitê Municipal do Partido Comunista da China de Yangzhong.

Yangzhong pretende alcançar consumo zero de carvão na ilha principal e 100 por cento de consumo de eletricidade verde residencial até 2020, e alcançar consumo zero de carvão em toda a cidade e 100 por cento de energia renovável com emissão zero de dióxido de carbono até 2030.

A conferência desse ano é composta de um fórum principal e três sub-fóruns respectivamente sobre a cooperação internacional na energia verde ao longo do Cinturão e Rota, facilitação da inteligência artificial para desenvolvimento sustentável e complementar entre a piscicultura/agricultura e a geração de energia fotovoltaica e Internet da energia.

Durante a conferência, a CEIS lançou o Relatório Anual de Desenvolvimento das Aplicações Globais da Energia Verde e o Relatório sobre o Ambiente de Investimentos em Energia Verde do Cinturão e Rota (2019).

Veja o link original: https://en.imsilkroad.com/p/308819.html

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1012601/2nd_International_Green_Energy_Development_Conference_held_in_E_China_s_Yangzhong.jpg

FONTE Xinhua Silk Road Information Service

Você acabou de ler:

Xinhua Silk Road: A segunda Conferência Internacional sobre o Desenvolvimento da Energia Verde foi realizada em Yangzhong, no leste da China

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/xinhua-silk-road-a-segunda-conferencia-internacional-sobre-o-desenvolvimento-da-energia-verde-foi-realizada-em-yangzhong-no-leste-da-china/