Xinhua Silk Road: A transformação verde é vital para o desenvolvimento de coque a partir do carvão e a cooperação de energia no Cinturão e Rota

PEQUIM, 20 de outubro de 2020 /PRNewswire/ -- Verde, pouca emissão de carbono e benéfico para o desenvolvimento econômico e social local são considerações essenciais para a cooperação com o Cinturão e Rota (B&R) internacional, disse Wu Yin, diretor adjunto anterior da Administração de Energia Nacional (NEA) e vice-presidente da Associação de Pesquisa de Energia da China.

Falando do 3º Seminário da Iniciativa do Cinturão e Rota para o Desenvolvimento Verde do Coque da Indústria do Carvão, a perspectiva da transformação verde para a cooperação energética, particularmente no setor de energia, é compartilhada por Wu e outros especialistas e representantes corporativos nacionais e internacionais.

"A Iniciativa do Cinturão e Rota (BRI) está funcionando como uma plataforma de cooperação internacional aberta e inclusiva", disse Fang Xiaosong, diretor adjunto do Departamento de Negócios Internacionais do Instituto de Engenharia e Planejamento do Potencial Elétrico da China (EPPEI), mencionando que os países associados com o B&R demonstram um grande potencial de cooperação energética com uma tendência para "baixa emissão de carbono" no desenvolvimento energético, contando com variedade e estrutura.

Esta tendência foi explicada também por Wang Yu, diretor assistente e chefe do departamento de energia e produtos químicos do Instituto Nacional da China de Petróleo e Produtos Químicos, observando que a indústria química tradicional deve focar no corte de sobrecapacidade, analisando as fraquezas, ajustando a estrutura e promovendo atualizações durante o período de 2021-2025 para criar um novo impulso e alcançar o desenvolvimento seguro, verde e sustentável.

Para o setor de coque de carvão em Lvliang, o foco deve estar em remover a capacidade obsoleta e promover a economia de energia assim como tecnologias da redução da emissão e similares, Wang adicionou.

Como a província é rica em carvão, Shanxi valoriza muito a inovação técnica do setor do carvão que exige que as companhias alcancem um desempenho mais verde e mais moderno, disse Henry Hempel, diretor técnico com o Grupo de Indústrias Choren GmbH, que acredita ainda que o carvão continuará sendo uma fonte principal de produção de energia da China. O país está direcionando-se para o desenvolvimento verde e limpo com a utilização da alta eficiência do carvão, ele acrescentou.

Lvliang é uma base industrial importante de coque de carvão em Shanxi, que aproveita esse impulso produtivo da economia digital, de acordo com Luo Jiaodi, diretor do centro de pesquisa do Serviço de Informações Econômicas da China das Finanças de Xinhua (CEIS). Lvliang pode aproveitar essa oportunidade da revolução energética abrangente piloto em Shanxi e construir um centro de referência industrial de energia 5G plus, Luo sugere.

Realizado conjuntamente pelo governo de Lvliang e CEIS, o 3º Seminário da Iniciativa do Cinturão e Rota para o Desenvolvimento Verde do Coque da Indústria do Carvão começou no sábado em Xiaoyi, uma cidade administrativa de Lvliang, Xanxim.

Link original: https://en.imsilkroad.com/p/316913.html

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1316189/1.jpg

FONTE Xinhua Silk Road

PEQUIM, 20 de outubro de 2020 /PRNewswire/ -- Verde, pouca emissão de carbono e benéfico para o desenvolvimento econômico e social local são considerações essenciais para a cooperação com o Cinturão e Rota (B&R) internacional, disse Wu Yin, diretor adjunto anterior da Administração de Energia Nacional (NEA) e vice-presidente da Associação de Pesquisa de Energia da China.

Falando do 3º Seminário da Iniciativa do Cinturão e Rota para o Desenvolvimento Verde do Coque da Indústria do Carvão, a perspectiva da transformação verde para a cooperação energética, particularmente no setor de energia, é compartilhada por Wu e outros especialistas e representantes corporativos nacionais e internacionais.

"A Iniciativa do Cinturão e Rota (BRI) está funcionando como uma plataforma de cooperação internacional aberta e inclusiva", disse Fang Xiaosong, diretor adjunto do Departamento de Negócios Internacionais do Instituto de Engenharia e Planejamento do Potencial Elétrico da China (EPPEI), mencionando que os países associados com o B&R demonstram um grande potencial de cooperação energética com uma tendência para "baixa emissão de carbono" no desenvolvimento energético, contando com variedade e estrutura.

Esta tendência foi explicada também por Wang Yu, diretor assistente e chefe do departamento de energia e produtos químicos do Instituto Nacional da China de Petróleo e Produtos Químicos, observando que a indústria química tradicional deve focar no corte de sobrecapacidade, analisando as fraquezas, ajustando a estrutura e promovendo atualizações durante o período de 2021-2025 para criar um novo impulso e alcançar o desenvolvimento seguro, verde e sustentável.

Para o setor de coque de carvão em Lvliang, o foco deve estar em remover a capacidade obsoleta e promover a economia de energia assim como tecnologias da redução da emissão e similares, Wang adicionou.

Como a província é rica em carvão, Shanxi valoriza muito a inovação técnica do setor do carvão que exige que as companhias alcancem um desempenho mais verde e mais moderno, disse Henry Hempel, diretor técnico com o Grupo de Indústrias Choren GmbH, que acredita ainda que o carvão continuará sendo uma fonte principal de produção de energia da China. O país está direcionando-se para o desenvolvimento verde e limpo com a utilização da alta eficiência do carvão, ele acrescentou.

Lvliang é uma base industrial importante de coque de carvão em Shanxi, que aproveita esse impulso produtivo da economia digital, de acordo com Luo Jiaodi, diretor do centro de pesquisa do Serviço de Informações Econômicas da China das Finanças de Xinhua (CEIS). Lvliang pode aproveitar essa oportunidade da revolução energética abrangente piloto em Shanxi e construir um centro de referência industrial de energia 5G plus, Luo sugere.

Realizado conjuntamente pelo governo de Lvliang e CEIS, o 3º Seminário da Iniciativa do Cinturão e Rota para o Desenvolvimento Verde do Coque da Indústria do Carvão começou no sábado em Xiaoyi, uma cidade administrativa de Lvliang, Xanxim.

Link original: https://en.imsilkroad.com/p/316913.html

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1316189/1.jpg

FONTE Xinhua Silk Road

Você acabou de ler:

Xinhua Silk Road: A transformação verde é vital para o desenvolvimento de coque a partir do carvão e a cooperação de energia no Cinturão e Rota

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/xinhua-silk-road-a-transformacao-verde-e-vital-para-o-desenvolvimento-de-coque-a-partir-do-carvao-e-a-cooperacao-de-energia-no-cinturao-e-rota/