Xinhua Silk Road: ações de conservação de áreas úmidas ajudam Kunming, no sudoeste da China, a melhorar a ecologia

BEIJING, 6 de setembro de 2021 /PRNewswire/ -- Kunming será a cidade sede do 15º encontro da Conferência dos Partidos (COP15) para a Convenção de Diversidade Biológica (CBD) programada para outubro, em que o pântano de Baofeng na região lacustre de Dianchi será exibido ao ar livre.

A província de Yunnan, no sudoeste da China, fez grandes conquistas ecológicas nos últimos anos graças a seus esforços árduos para a conservação das áreas úmidas de Kunming.

Em 2003, Kunming adotou um plano dedicado à proteção ecológica do meio ambiente e à gestão abrangente dos pântanos ecológicos do lago Dianchi.

Até 2020, a área total de pântanos na cidade de Kunming havia chegado a 62.403,27 hectares, entre os quais a área de pântanos naturais estava em 48.249,31 hectares, com as respectivas taxas de proteção de até 69,53 por cento e 78,44 por cento.

Durante o período, foi construído um cinturão ecológico autossustentável de 200 metros de largura, cobrindo uma área de 33,3 quilômetros quadrados, dos quais mais de 80 por cento foi coberto com vegetação.

A melhoria do ecossistema do lago Dianchi também beneficiou a biodiversidade da região, com o aumento de 232 para 303 espécies vegetais e o registro do retorno de certos peixes e aves migratórias.

Descrito como "o rim da terra", as áreas úmidas fazem parte do sistema ecológico e ambiental. As áreas úmidas de Dianchi têm feito contribuições vitais para a conservação da água e da biodiversidade e para o desenvolvimento econômico local de Kunming.

Link original: https://en.imsilkroad.com/p/323623.html

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1608791/1.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1608792/2.jpg

FONTE Xinhua Silk Road

BEIJING, 6 de setembro de 2021 /PRNewswire/ -- Kunming será a cidade sede do 15º encontro da Conferência dos Partidos (COP15) para a Convenção de Diversidade Biológica (CBD) programada para outubro, em que o pântano de Baofeng na região lacustre de Dianchi será exibido ao ar livre.

A província de Yunnan, no sudoeste da China, fez grandes conquistas ecológicas nos últimos anos graças a seus esforços árduos para a conservação das áreas úmidas de Kunming.

Em 2003, Kunming adotou um plano dedicado à proteção ecológica do meio ambiente e à gestão abrangente dos pântanos ecológicos do lago Dianchi.

Até 2020, a área total de pântanos na cidade de Kunming havia chegado a 62.403,27 hectares, entre os quais a área de pântanos naturais estava em 48.249,31 hectares, com as respectivas taxas de proteção de até 69,53 por cento e 78,44 por cento.

Durante o período, foi construído um cinturão ecológico autossustentável de 200 metros de largura, cobrindo uma área de 33,3 quilômetros quadrados, dos quais mais de 80 por cento foi coberto com vegetação.

A melhoria do ecossistema do lago Dianchi também beneficiou a biodiversidade da região, com o aumento de 232 para 303 espécies vegetais e o registro do retorno de certos peixes e aves migratórias.

Descrito como "o rim da terra", as áreas úmidas fazem parte do sistema ecológico e ambiental. As áreas úmidas de Dianchi têm feito contribuições vitais para a conservação da água e da biodiversidade e para o desenvolvimento econômico local de Kunming.

Link original: https://en.imsilkroad.com/p/323623.html

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1608791/1.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1608792/2.jpg

FONTE Xinhua Silk Road

Você acabou de ler:

Xinhua Silk Road: ações de conservação de áreas úmidas ajudam Kunming, no sudoeste da China, a melhorar a ecologia

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/xinhua-silk-road-acoes-de-conservacao-de-areas-umidas-ajudam-kunming-no-sudoeste-da-china-a-melhorar-a-ecologia/