Xinhua Silk Road: o papel do setor financeiro na economia real foi discutido no Financial Street Forum anual em Pequim

PEQUIM, 22 de outubro de 2021 /PRNewswire/-- A conferência anual Financial Street Forum 2021 começou na quarta-feira, em Pequim, com informações sobre o papel do setor financeiro no aprimoramento da resiliência econômica e no apoio ao desenvolvimento de alta qualidade.

Atualmente, existem mais de 40 milhões de entidades de mercado apoiadas por pequenos e micro empréstimos inclusivos, que mostram a resiliência econômica e as ações financeiras ativas da China, de acordo com Yi Gang, governador do Banco Popular da China (PBOC), ao se manifestar na conferência.

O crescimento do fornecimento de dinheiro e do financiamento social corresponde basicamente ao do PIB nominal, que reflete a política correta estabelecida e liquidez suficiente, de acordo com Yi, observando que ferramentas de políticas estruturais, monetárias e de crédito poderiam oferecer melhor apoio a pequenas, médias e micro empresas e desenvolvimento ecológico e de baixo carbono.

O setor financeiro agora assume um papel fundamental na promoção de um novo paradigma de desenvolvimento e de apoio ao desenvolvimento de alta qualidade, de acordo com Guo Shuqing, presidente da Comissão Reguladora de Bancos e Seguros da China (CBIRC), convocando mais ações financeiras para melhorar o ambiente de vida das pessoas, a proteção de seguros e o sistema de educação, entre outros.

Um sistema de mercado de capital multicamadas, com funções complementares e conexões orgânicas para atender às várias necessidades de financiamento das empresas, é um requisito inerente para melhorar a adaptabilidade das finanças à economia real, de acordo com Yi Huiman, presidente da Comissão Reguladora de Valores Mobiliários da China (CSRC), exigindo o avanço estável da reforma do sistema de registro para promover um ciclo virtuoso de economia e finanças.

Pan Gongsheng, vice-governador do PBOC e diretor da State Administration of Foreign Exchange (SAFE), observou que os fundamentos econômicos nacionais estáveis atuariam como a garantia básica para o mercado de câmbio exterior da China para responder a choques externos.

Liu Siyang, vice-presidente da Xinhua News Agency, observou que Xinhua testemunhou e relatou todos os momentos históricos no desenvolvimento do setor financeiro da China e que refinaria ainda mais suas notícias econômicas e serviços de informação, especialmente no campo financeiro, dando plena importância às suas vantagens idôneas intelectuais, terminais e globais para contribuir para o desenvolvimento saudável do setor financeiro da China. 

Fundado em 2012, o fórum é organizado em conjunto pelo Governo Popular do Município de Pequim, o PBOC, a Xinhua News Agency, a CBIRC, a CSRC, e a SAFE, aclamada como uma líder da reforma e desenvolvimento financeiro da China. 

Veja o link original: https://en.imsilkroad.com/p/324404.html

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1667759/1.jpg

 

 

FONTE Xinhua Silk Road

PEQUIM, 22 de outubro de 2021 /PRNewswire/-- A conferência anual Financial Street Forum 2021 começou na quarta-feira, em Pequim, com informações sobre o papel do setor financeiro no aprimoramento da resiliência econômica e no apoio ao desenvolvimento de alta qualidade.

Atualmente, existem mais de 40 milhões de entidades de mercado apoiadas por pequenos e micro empréstimos inclusivos, que mostram a resiliência econômica e as ações financeiras ativas da China, de acordo com Yi Gang, governador do Banco Popular da China (PBOC), ao se manifestar na conferência.

O crescimento do fornecimento de dinheiro e do financiamento social corresponde basicamente ao do PIB nominal, que reflete a política correta estabelecida e liquidez suficiente, de acordo com Yi, observando que ferramentas de políticas estruturais, monetárias e de crédito poderiam oferecer melhor apoio a pequenas, médias e micro empresas e desenvolvimento ecológico e de baixo carbono.

O setor financeiro agora assume um papel fundamental na promoção de um novo paradigma de desenvolvimento e de apoio ao desenvolvimento de alta qualidade, de acordo com Guo Shuqing, presidente da Comissão Reguladora de Bancos e Seguros da China (CBIRC), convocando mais ações financeiras para melhorar o ambiente de vida das pessoas, a proteção de seguros e o sistema de educação, entre outros.

Um sistema de mercado de capital multicamadas, com funções complementares e conexões orgânicas para atender às várias necessidades de financiamento das empresas, é um requisito inerente para melhorar a adaptabilidade das finanças à economia real, de acordo com Yi Huiman, presidente da Comissão Reguladora de Valores Mobiliários da China (CSRC), exigindo o avanço estável da reforma do sistema de registro para promover um ciclo virtuoso de economia e finanças.

Pan Gongsheng, vice-governador do PBOC e diretor da State Administration of Foreign Exchange (SAFE), observou que os fundamentos econômicos nacionais estáveis atuariam como a garantia básica para o mercado de câmbio exterior da China para responder a choques externos.

Liu Siyang, vice-presidente da Xinhua News Agency, observou que Xinhua testemunhou e relatou todos os momentos históricos no desenvolvimento do setor financeiro da China e que refinaria ainda mais suas notícias econômicas e serviços de informação, especialmente no campo financeiro, dando plena importância às suas vantagens idôneas intelectuais, terminais e globais para contribuir para o desenvolvimento saudável do setor financeiro da China. 

Fundado em 2012, o fórum é organizado em conjunto pelo Governo Popular do Município de Pequim, o PBOC, a Xinhua News Agency, a CBIRC, a CSRC, e a SAFE, aclamada como uma líder da reforma e desenvolvimento financeiro da China. 

Veja o link original: https://en.imsilkroad.com/p/324404.html

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1667759/1.jpg

 

 

FONTE Xinhua Silk Road

Você acabou de ler:

Xinhua Silk Road: o papel do setor financeiro na economia real foi discutido no Financial Street Forum anual em Pequim

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/xinhua-silk-road-o-papel-do-setor-financeiro-na-economia-real-foi-discutido-no-financial-street-forum-anual-em-pequim/