Xinhua Silk Road: Quincheu na China luta para promover a construção da zona piloto da Rota Marítima da Seda do Século XXI

PEQUIM, 14 de outubro de 2020 /PRNewswire/ -- Quincheu, localizada no sudeste da província de Fujian na China, está empenhada em promover a construção da zona piloto da Rota Marítima da Seda do Século XXI de acordo com a Iniciativa do Cinturão e Rota (BRI) do país.

Quincheu constitui um marco inicial importante da antiga Rota Marítima da Seda. Desde a proposição da iniciativa BRI na China em 2013, Quincheu tem se empenhado para conquistar essa oportunidade histórica.

Quincheu ostenta muitas vantagens para a construção da zona piloto. Herança cultural extensa, base econômica consistente, rica em recursos chineses no exterior e com fantástico potencial de vias portuárias e talentos para empreendedorismo.

Em 2019, o PIB de Quincheu chegou a 994.666 bilhões de yuan, tendo alcançado o maior PIB da província por 21 anos consecutivos.

Nos últimos cinco anos, Quincheu acelerou a construção da zona piloto da Rota Marítima da Seda do Século XXI, com um papel líder em intercâmbios culturais, intensificando a cooperação econômica e comercial internacional, fortalecendo a conectividade entre todos os países participantes da Rota Marítima da Seda do Século XXI e mantendo-se comprometida com intercâmbios interpessoais.

As estatísticas mostraram que o volume total de frete entre Quincheu e os países participantes da Rota Marítima da Seda do Século XXI atingiu 2.381 milhões de toneladas em 2019, tendo o tráfego total de contêiner alcançado 43.800 TEUs.

Quincheu sediou a grande conferência de promoção do trabalho de 2020 para a construção conjunta da BRI de 10 a 11 de setembro. Funcionários da Comissão de Reforma e Desenvolvimento de Fujian fizeram declarações e trocaram ideias sobre a promoção da construção local da BRI.

Na próxima fase, Quincheu será integrada ativamente à BRI e potencializará a posição de Fujian na área central da Rota Marítima da Seda do Século XXI. Estará empenhada nos projetos de construção, expansão do mercado internacional, aprimoramento dos intercâmbios culturais globais, na prevenção de riscos que as empresas novatas no comércio exterior possam enfrentar, além disso, será uma influência internacional edificante, procurando aumentar continuamente sua capacidade de alocar capital, informações e talentos internacionais e posicionando-se como um canal abrangente ao longo da Rota Marítima da Seda do Século XXI.

Especificamente, Quincheu trabalhará para estabelecer um porto central internacional, promover a cooperação de capacidade internacional em novos setores emergentes com os países e regiões participantes da Rota Marítima da Seda do Século XXI, facilitar interações culturais e aprendizado mútuo com maior cooperação econômica e comercial.

Link original: https://en.imsilkroad.com/p/316675.html

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1312487/1.jpg

 

 

FONTE Xinhua Silk Road

PEQUIM, 14 de outubro de 2020 /PRNewswire/ -- Quincheu, localizada no sudeste da província de Fujian na China, está empenhada em promover a construção da zona piloto da Rota Marítima da Seda do Século XXI de acordo com a Iniciativa do Cinturão e Rota (BRI) do país.

Quincheu constitui um marco inicial importante da antiga Rota Marítima da Seda. Desde a proposição da iniciativa BRI na China em 2013, Quincheu tem se empenhado para conquistar essa oportunidade histórica.

Quincheu ostenta muitas vantagens para a construção da zona piloto. Herança cultural extensa, base econômica consistente, rica em recursos chineses no exterior e com fantástico potencial de vias portuárias e talentos para empreendedorismo.

Em 2019, o PIB de Quincheu chegou a 994.666 bilhões de yuan, tendo alcançado o maior PIB da província por 21 anos consecutivos.

Nos últimos cinco anos, Quincheu acelerou a construção da zona piloto da Rota Marítima da Seda do Século XXI, com um papel líder em intercâmbios culturais, intensificando a cooperação econômica e comercial internacional, fortalecendo a conectividade entre todos os países participantes da Rota Marítima da Seda do Século XXI e mantendo-se comprometida com intercâmbios interpessoais.

As estatísticas mostraram que o volume total de frete entre Quincheu e os países participantes da Rota Marítima da Seda do Século XXI atingiu 2.381 milhões de toneladas em 2019, tendo o tráfego total de contêiner alcançado 43.800 TEUs.

Quincheu sediou a grande conferência de promoção do trabalho de 2020 para a construção conjunta da BRI de 10 a 11 de setembro. Funcionários da Comissão de Reforma e Desenvolvimento de Fujian fizeram declarações e trocaram ideias sobre a promoção da construção local da BRI.

Na próxima fase, Quincheu será integrada ativamente à BRI e potencializará a posição de Fujian na área central da Rota Marítima da Seda do Século XXI. Estará empenhada nos projetos de construção, expansão do mercado internacional, aprimoramento dos intercâmbios culturais globais, na prevenção de riscos que as empresas novatas no comércio exterior possam enfrentar, além disso, será uma influência internacional edificante, procurando aumentar continuamente sua capacidade de alocar capital, informações e talentos internacionais e posicionando-se como um canal abrangente ao longo da Rota Marítima da Seda do Século XXI.

Especificamente, Quincheu trabalhará para estabelecer um porto central internacional, promover a cooperação de capacidade internacional em novos setores emergentes com os países e regiões participantes da Rota Marítima da Seda do Século XXI, facilitar interações culturais e aprendizado mútuo com maior cooperação econômica e comercial.

Link original: https://en.imsilkroad.com/p/316675.html

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1312487/1.jpg

 

 

FONTE Xinhua Silk Road

Você acabou de ler:

Xinhua Silk Road: Quincheu na China luta para promover a construção da zona piloto da Rota Marítima da Seda do Século XXI

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/xinhua-silk-road-quincheu-na-china-luta-para-promover-a-construcao-da-zona-piloto-da-rota-maritima-da-seda-do-seculo-xxi/