Zhuhai: um novo centro em ascensão com o começo das operações da ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau

ZHUHAI, China, 25 de outubro de 2018 /PRNewswire/ -- A leste do Porto Gongbei de Zhuhai, uma cidade costeira no sul da China, a Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau se destaca sobre as águas de Lingdingyang. Diminuindo o tempo de deslocamento entre as três cidades para meia hora, a ponte ajudará a aumentar o fluxo de pessoas, veículos, capital e informações.

O dia 24 de outubro marca o início oficial da operação da ponte, um megaprojeto do século. O presidente chinês, Xi Jinping, esteve presente na cerimônia de abertura realizada em Zhuhai no dia anterior e declarou a ponte aberta. Zhuhai, uma zona económica especial dinâmica, que também serve de base para a Área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau, por ser a única ligação rodoviária continental a estas duas regiões administrativas especiais, voltou a atrair a atenção de todos os setores.

De acordo com Yu Lie, vice-diretor geral da Autoridade da ponte, ela significa uma diminuição sem precedentes do tempo de viagem entre essas três cidades. Costumava levar cerca de uma hora por água e mais de três horas por terra para ir de Zhuhai a Hong Kong. Agora, demora apenas cerca de 30 minutos. A presença de Zhuhai como um portal estratégico tornou-se óbvia.

Como um projeto central para melhorar a interconexão de infraestrutura dentro da Área da Grande Baía, a ponte de 55 km é a primeira megaconstrução de travessia marítima feita em conjunto por Guangdong, Hong Kong e Macau, ligando Hong Kong ao leste, e Zhuhai e Macau ao oeste. "Os esforços para construir a ponte demonstraram totalmente como as cidades reforçam as vantagens umas das outras e promovem benefícios mútuos e cooperação favorável para todos. A ponte está destinada a ser um centro vital para conectar a margem leste e oeste da Área da Grande Baía", disse Zhu Yongling, chefe da Autoridade da ponte.

Com uma localização geográfica privilegiada, Zhuhai terminou fortalecida. Dedica-se à missão de aumentar a conectividade de infraestrutura dentro da Área da Grande Baía e melhorar a integração do mercado. Além disso, existe um esforço para explorar áreas de potencial cooperação em inovação tecnológica e planos para um sistema industrial com desenvolvimento coordenado. Agora está aproveitando as oportunidades para renovar seu valor geográfico e moldar um novo motor econômico para a Área da Grande Baía.

O mais recente planejamento industrial do Governo do Povo da Municipalidade de Zhuhai amplia seu foco para incorporar indústrias inteligentes como big data, computação em nuvem e inteligência artificial, bem como indústrias que vão de equipamentos de redes inteligentes, novas energias, biomedicina e equipamentos médicos até financiamento transfronteiriço, feiras de negócios e viagens de lazer. É assim que a cidade forma novos pilares da indústria.

E em 2017, o volume de contêineres que passaram pelo Porto de Zhuhai cresceu 37,3%, chegando a 2,27 milhões de TEU, ficando em 73º lugar no mundo e registrando a segunda maior taxa de crescimento, segundo dados divulgados pela mundialmente reconhecida consultoria de navegação Alphaliner.

À medida que o projeto da Área da Grande Baía se materializa, uma nova Zhuhai está em construção, com ênfase na inovação colaborativa e no intercâmbio aberto.

O Parque de Cooperação Econômica e Comercial China-América Latina e Caribe (CLAC) entrou em operação, enquanto a CLAC Expo contou com a assinatura de mais de 70 projetos, em um valor total de contrato de US$ 468,25 milhões. Centros de Inovação de Zhuhai foram criados em Hong Kong e Israel. Além disso, estão sendo feitos progressos no avanço do programa de aceleração China-Israel e no Instituto de Inteligência Artificial China-Alemanha. Zhuhai, como uma cidade importante para promover a Iniciativa Belt and Road, está empenhada em criar plataformas para a cooperação empresarial e construir uma nova imagem do centro para a Maritime Silk Road.

Estatísticas oficiais mostram que Zhuhai foi a cidade líder em Guangdong em termos de crescimento do PIB, com um aumento de 8,7%, chegando a 129,941 bilhões de RMB (US$ 18,72 bilhões) no primeiro semestre de 2018.

A razão por trás do crescimento econômico sustentado e elevado é que Zhuhai possui um sistema ecológico melhorado e serviços governamentais inovadores, que contribuem para um ambiente de negócios favorável. A "segunda aposta para prosperar" de Zhuhai se concentra mais na inovação colaborativa com o resto do mundo, de forma a aumentar a capacidade de reunir fatores de capital, tecnologia e talentos de ponta, bem como indústrias de alto valor agregado.

"A operação da ponte traz mais possibilidades para Zhuhai traçar um futuro melhor", disse Xiong Xiaoge, sócio fundador da IDG Capital, uma empresa de investimentos de renome mundial. Zhuhai planeja aprofundar a cooperação tecnológica e industrial com Hong Kong e Macau. A ponte, quando iniciar sua operação, oferecerá uma oportunidade para Zhuhai facilitar a criação de uma zona econômica tendo a ponto como centro. E ajudará a acelerar o progresso do Parque Industrial de Cooperação Guangdong-Macau e do Parque de Incubação Industrial Zhuhai-Hong Kong-Macau, para obter resultados científicos e tecnológicos.

"Gostaria de trabalhar na Área da Grande Baía, já que é muito conveniente viajar entre essas três cidades", disse Lu Zhenhao, um estudante de pós-graduação de Macau de uma universidade na parte continental da China. Ele observou que mais políticas e medidas estão sendo implementadas, incluindo o cancelamento da permissão de trabalho, o que tem encorajado e permitido que os jovens de Macau consigam um melhor desenvolvimento.

Hoje, passeando pela Zona de Desenvolvimento Industrial de Alta Tecnologia de Zhuhai, ficaríamos surpresos ao descobrir um grupo de mais de 7 mil empresas de alta tecnologia. Ao construir uma Zona Nacional Independente de Demonstração Inovadora, essa área se tornou o motor do desenvolvimento orientado para a inovação da cidade, canalizando recursos para a promoção de indústrias de alta tecnologia.

"O que Zhuhai alcançou é revelador, e mais oportunidades serão apresentadas à cidade com a operação da ponte", disse Lin Jiang, professor de economia no Colégio Lingnan da Universidade Sun Yat-sen, "fazendo uso total da vantagem comparativa, Zhuhai pode coordenar o desenvolvimento das cidades na margem leste do Rio das Pérolas e combinar seus serviços financeiros, setores culturais e manufatureiros. Esses esforços facilitarão o crescimento de um centro econômico".

 

FONTE The People's Government of Zhuhai Municipality

ZHUHAI, China, 25 de outubro de 2018 /PRNewswire/ -- A leste do Porto Gongbei de Zhuhai, uma cidade costeira no sul da China, a Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau se destaca sobre as águas de Lingdingyang. Diminuindo o tempo de deslocamento entre as três cidades para meia hora, a ponte ajudará a aumentar o fluxo de pessoas, veículos, capital e informações.

O dia 24 de outubro marca o início oficial da operação da ponte, um megaprojeto do século. O presidente chinês, Xi Jinping, esteve presente na cerimônia de abertura realizada em Zhuhai no dia anterior e declarou a ponte aberta. Zhuhai, uma zona económica especial dinâmica, que também serve de base para a Área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau, por ser a única ligação rodoviária continental a estas duas regiões administrativas especiais, voltou a atrair a atenção de todos os setores.

De acordo com Yu Lie, vice-diretor geral da Autoridade da ponte, ela significa uma diminuição sem precedentes do tempo de viagem entre essas três cidades. Costumava levar cerca de uma hora por água e mais de três horas por terra para ir de Zhuhai a Hong Kong. Agora, demora apenas cerca de 30 minutos. A presença de Zhuhai como um portal estratégico tornou-se óbvia.

Como um projeto central para melhorar a interconexão de infraestrutura dentro da Área da Grande Baía, a ponte de 55 km é a primeira megaconstrução de travessia marítima feita em conjunto por Guangdong, Hong Kong e Macau, ligando Hong Kong ao leste, e Zhuhai e Macau ao oeste. "Os esforços para construir a ponte demonstraram totalmente como as cidades reforçam as vantagens umas das outras e promovem benefícios mútuos e cooperação favorável para todos. A ponte está destinada a ser um centro vital para conectar a margem leste e oeste da Área da Grande Baía", disse Zhu Yongling, chefe da Autoridade da ponte.

Com uma localização geográfica privilegiada, Zhuhai terminou fortalecida. Dedica-se à missão de aumentar a conectividade de infraestrutura dentro da Área da Grande Baía e melhorar a integração do mercado. Além disso, existe um esforço para explorar áreas de potencial cooperação em inovação tecnológica e planos para um sistema industrial com desenvolvimento coordenado. Agora está aproveitando as oportunidades para renovar seu valor geográfico e moldar um novo motor econômico para a Área da Grande Baía.

O mais recente planejamento industrial do Governo do Povo da Municipalidade de Zhuhai amplia seu foco para incorporar indústrias inteligentes como big data, computação em nuvem e inteligência artificial, bem como indústrias que vão de equipamentos de redes inteligentes, novas energias, biomedicina e equipamentos médicos até financiamento transfronteiriço, feiras de negócios e viagens de lazer. É assim que a cidade forma novos pilares da indústria.

E em 2017, o volume de contêineres que passaram pelo Porto de Zhuhai cresceu 37,3%, chegando a 2,27 milhões de TEU, ficando em 73º lugar no mundo e registrando a segunda maior taxa de crescimento, segundo dados divulgados pela mundialmente reconhecida consultoria de navegação Alphaliner.

À medida que o projeto da Área da Grande Baía se materializa, uma nova Zhuhai está em construção, com ênfase na inovação colaborativa e no intercâmbio aberto.

O Parque de Cooperação Econômica e Comercial China-América Latina e Caribe (CLAC) entrou em operação, enquanto a CLAC Expo contou com a assinatura de mais de 70 projetos, em um valor total de contrato de US$ 468,25 milhões. Centros de Inovação de Zhuhai foram criados em Hong Kong e Israel. Além disso, estão sendo feitos progressos no avanço do programa de aceleração China-Israel e no Instituto de Inteligência Artificial China-Alemanha. Zhuhai, como uma cidade importante para promover a Iniciativa Belt and Road, está empenhada em criar plataformas para a cooperação empresarial e construir uma nova imagem do centro para a Maritime Silk Road.

Estatísticas oficiais mostram que Zhuhai foi a cidade líder em Guangdong em termos de crescimento do PIB, com um aumento de 8,7%, chegando a 129,941 bilhões de RMB (US$ 18,72 bilhões) no primeiro semestre de 2018.

A razão por trás do crescimento econômico sustentado e elevado é que Zhuhai possui um sistema ecológico melhorado e serviços governamentais inovadores, que contribuem para um ambiente de negócios favorável. A "segunda aposta para prosperar" de Zhuhai se concentra mais na inovação colaborativa com o resto do mundo, de forma a aumentar a capacidade de reunir fatores de capital, tecnologia e talentos de ponta, bem como indústrias de alto valor agregado.

"A operação da ponte traz mais possibilidades para Zhuhai traçar um futuro melhor", disse Xiong Xiaoge, sócio fundador da IDG Capital, uma empresa de investimentos de renome mundial. Zhuhai planeja aprofundar a cooperação tecnológica e industrial com Hong Kong e Macau. A ponte, quando iniciar sua operação, oferecerá uma oportunidade para Zhuhai facilitar a criação de uma zona econômica tendo a ponto como centro. E ajudará a acelerar o progresso do Parque Industrial de Cooperação Guangdong-Macau e do Parque de Incubação Industrial Zhuhai-Hong Kong-Macau, para obter resultados científicos e tecnológicos.

"Gostaria de trabalhar na Área da Grande Baía, já que é muito conveniente viajar entre essas três cidades", disse Lu Zhenhao, um estudante de pós-graduação de Macau de uma universidade na parte continental da China. Ele observou que mais políticas e medidas estão sendo implementadas, incluindo o cancelamento da permissão de trabalho, o que tem encorajado e permitido que os jovens de Macau consigam um melhor desenvolvimento.

Hoje, passeando pela Zona de Desenvolvimento Industrial de Alta Tecnologia de Zhuhai, ficaríamos surpresos ao descobrir um grupo de mais de 7 mil empresas de alta tecnologia. Ao construir uma Zona Nacional Independente de Demonstração Inovadora, essa área se tornou o motor do desenvolvimento orientado para a inovação da cidade, canalizando recursos para a promoção de indústrias de alta tecnologia.

"O que Zhuhai alcançou é revelador, e mais oportunidades serão apresentadas à cidade com a operação da ponte", disse Lin Jiang, professor de economia no Colégio Lingnan da Universidade Sun Yat-sen, "fazendo uso total da vantagem comparativa, Zhuhai pode coordenar o desenvolvimento das cidades na margem leste do Rio das Pérolas e combinar seus serviços financeiros, setores culturais e manufatureiros. Esses esforços facilitarão o crescimento de um centro econômico".

 

FONTE The People's Government of Zhuhai Municipality