Blog

2 de abril de 2018

Você está medindo o ROI da sua estratégia de RP com precisão?

Você está medindo com precisão o ROI da sua estratégia de RP

Muitas startups e pequenas empresas colocam tanto foco em ganhar força e melhorar seu alcance que não percebem que o sucesso é mais do que apenas um jogo de números. Medir o ROI de uma campanha de relações públicas vai muito mais além do que apenas subtrair o dinheiro investido da receita obtida.

Graças à tecnologia, medir sua estratégia de RP na era digital é completamente diferente do que era há alguns anos. O que você realmente precisa saber são quais os números importantes e qual a melhor maneira de mensurá-los em relação aos seus objetivos.

Se você quiser visualizar melhor os seus resultados, você precisará entender as nuances por trás das métricas. Aqui estão quatro maneiras de fazer isso.

(VEJA COMO ESCREVER UM BOM PRESS RELEASE)

  1. Defina metas flexíveis

Antes de começar a analisar qualquer número, você deve ter algo para compará-lo. Sem uma visão concreta em mente, sua estratégia de RP serámais ou menos como deixar a cargo da sorte. Tente usar o acrônimo S.M.A.R.T.E.R. (inteligente em inglês) para ajudar a definir suas metas.

S – Specific (Específico): Primeiro, suas metas precisam ser precisas e não apenas um objetivo vago. Decida qual é o seu propósito e depois, projete uma estratégia de RP a atenda, com os KPIs. Definidos

M – Measurable (Mensurável): É impossível determinar o progresso sem ter como medi-lo. Escolha os números que determinam a vitória. Você quer aumentar seu brand awareness? Em quanto? Você quer 50 novos seguidores por semana? 100? 500?

A – Attainable (Alcançável): Embora seja importante sonhar grande, não se deixe levar e metas irrealistas. No entanto, tenha cuidado para não colocar metas baixas demais, pois isso pode reduzir facilmente a motivação do seu time. Encontre um equilíbrio que seja bom para todos.

R – Relevant (Relevante): Considere se a sua meta ajudará ou não o seu negócio a longo prazo. Esta estratégia se alinha com os objetivos a longo e curto prazo da empresa?

T – Timely (Tempo): Você precisará definir um deadline específico, caso contrário você poderá nunca cumprir a sua meta. Não encurte demais o seu tempo, mas tenha certeza de que dará à sua estratégia tempo suficiente para surtir efeito.

E – Evaluate (Avaliar): Já com a sua estratégia está em andamento, é hora de analisar os relatórios e checar se os resultados estão compatíveis com as suas metas originais.

R – Re-evaluate (Reavaliar): Achou que tínhamos terminado? Ainda não. Depois de ter destrinchado todos os números, use algum tempo para interpretar os dados e fazer as mudanças necessárias para atingir suas metas de forma mais eficiente.

  1. Fique atento a quem compartilha seu conteúdo
    (CLIQUE AQUI E VEJA COMO ESCREVER UM BOM PRESS RELEASE)

Simplesmente medir os números não lhe dará uma representação precisa do seu alcance na mídia por dois motivos. Primeiro, números não podem determinar a autenticidade dessas ações. Por exemplo, no Twitter, os retweet bots que compartilham seu conteúdo automaticamente podem ter um impacto positivo em seus números, mas não necessariamente melhora os níveis de engajamento e o sentimento da marca. Em segundo lugar, os números não medem a percepção real desse conteúdo com seu público.

Se você quiser os insights mais precisos, você precisará recorrer a um sistema de análise de relações públicas que registre fatores como fontes de tráfego, menções de marca e taxas de conversão em detalhes.

Esta informação é vital para ajudá-lo a entender a percepção geral do seu negócio e o impacto do seu trabalho.

  1. Avalie as páginas que linkam para você

Saber quais links estão direcionando o tráfego de maior qualidade para sua plataforma, te ajuda a avaliar sua estratégia online. Não são os números de maior tráfego que importam, mas as fontes que trazem o maior número de visitantes que se convertem.

Compare o tráfego com a taxa de rejeição para ter uma consciência mais precisa do valor de cada link.

A média de bounce rate da indústria é de cerca de 50%, então não se surpreenda se esse número for muito alto. Se você notar que uma boa parte do seu bounce rate vem de uma uma palavra-chave específica ou link externo, então pode valer a pena repensar essa estratégia ou mesmo eliminá-la, uma vez que não está trazendo leads qualificados.

  1. Entenda o valor a longo prazo das impressões

Digamos que você acabou de iniciar uma grande campanha de relações públicas e pagou menções e artigos para chegar a milhares de visualizações. No entanto, houve pouco impacto na sua taxa de conversões e vendas. Empresas, desde grandes e estabelecidas, até pequenas startups muitas vezes enfrentam esse dilema. O que pode ser bastante desencorajador.

Embora seja difícil de medir, lembre-se de que cada menção na sua estratégia de RP conta como uma introdução a um lead. Pode levar até sete impressões antes que as pessoas comecem a reconhecer uma marca, então todos os seus esforços estão contribuindo para isso.

Se você obteve bons resultados em impressões provenientes de um determinado site, pode valer a pena anunciar nessa página para retomar os leitores.

Um bom exemplo disso é a Lumension, uma empresa de software de segurança que precisava aumentar sua base de clientes. Eles se relacionaram com parceiros de publicação que estavam cobrindo uma convenção de negócios que iria atrair o seu público-alvo. Eles começaram uma campanha de retargeting nas páginas específicas. Seus resultados foram um aumento de 80% no número de leads gerados.

Analisando os números

Estratégias efetivas de RP, requerem tempo, esforço e pensamento crítico. Uma vez que se entende o que os números representam e o que isso quer dizer, é possível mensurar precisamente o sucesso da sua estratégia e melhorá-la para futuras campanhas.

 

Artigo de Phong Ly, traduzido por Eduardo Targa.

 

VEJA MAIS: COMO ESCREVER UM BOM PRESS RELEASE


Notice: Undefined variable: method_suffix in /var/www/html/wp-content/plugins/custom-page-templates-old/integrations/dynamic-shortcode-values/common-post.php on line 200

Notice: Undefined variable: taxonomy in /var/www/html/wp-content/plugins/custom-page-templates-old/integrations/dynamic-shortcode-values/common-post.php on line 203

Veja também